Negócios

Johnny Depp assina contrato com startup de blockchain voltada para conteúdo digital

Postado por em 25 de outubro de 2018 , marcado como , , , , , , , , , ,

O astro de cinema Johnny Depp, é a mais nova celebridade a adotar, publicamente, a tecnologia blockchain.

De acordo com o Hollywood Reporter, o ator, por meio de sua empresa, assinou um contrato com a plataforma de conteúdo Tatau, que utiliza o protocolo descentralizado em seu sistema.

(Foto: Stuart Wilson /Getty Images)

A empresa, fundada pelo produtor cinematográfico Andrea Iervolino, se baseia na tecnologia blockchain para certificar a identidade dos usuários e garantir visualizações exclusivas. A plataforma também está recompensando os clientes com sua própria criptomoeda, a TaTaTu Token (TTU).

O acordo estabelece que os dois lados desenvolvam filmes e conteúdos digitais em conjunto, com Depp trabalhando por meio da sua produtora Infinitum Nihil. Sobre a parceria, Iervolino destaca o senso empresarial do ator:

“Johnny tem a capacidade de conceituar o material de uma forma que poucos conseguem e [ele] está livre de fórmulas industriais convencionais. À medida que avançamos para abraçar a disruptividade, Johnny será um colaborador-chave conosco e nós estamos tremendamente empolgados em apoiar sua visão e instintos para tornar essas histórias reais”.

 A parceria com Depp parece uma tentativa da startup de alavancar o token TTU, que após vivenciar um pico de US$ 0,81 , em meados de agosto desse ano, agora está sendo negociado em torno de US$ 0,13. Uma perda de 90% de seu valor, segundo a CoinMarketCap.

Celebridades adotam as criptomoedas

O mundo das criptomoedas e da blockchain está cada vez mais familiarizado com o envolvimento das celebridades.

Não faz muito tempo que a socialite Kim Kardashian virou manchete mundial ao adotar publicamente seu primeiro Bitcoin.

No Brasil, o ex-jogador de futebol, Ronaldinho Gaúcho, anunciou seu projeto envolvendo o uso de criptomoedas, o Ronaldinho Soccer Coin.