Negocie Forex CFDs e Criptomoedas no SimpleFX Teste a conta demo gratuita! Alta Alavancagem + Depósitos em Criptomoedas + Afiliação Lucrativa
ICO

Guia: Entendendo as ICOs (Initial Coin Offer)

ICO é a abreviatura para Initial Coin Offer (Oferta Inicial de Moedas, em tradução livre) e consiste da emissão de criptomoedas, ou tokens, por parte de empresas com a finalidade de levantar capital.

Embora seja uma forma não-regulamentada de arrecadar fundos, até o primeiro semestre de 2017 essa modalidade de financiamento movimentou mais de 1 bilhão de dólares segundo o site Coindesk, disparando desde então.

Neste guia exclusivo do Portal Criptoeconomia, você vai entender como acontece cada etapa desse processo que, embora esteja se tornando cada vez mais popular, gera muitas dúvidas.

Entendendo passo-a-passo

  1. Uma empresa, geralmente ligada a tecnologia Blockchain, resolve criar e colocar a venda sua própria criptomoeda para angariar fundos e financiar sua operação;
  2. Para convencer as pessoas de comprá-las, esta empresa divulga documentos explicativos e expõe publicamente os rumos que vão tomar depois de captar o dinheiro proveniente da venda da recém-criada criptomoeda;
  3. Essas criptomoedas, que nesses casos são chamados de tokens devido a sua natureza generalista, são colocadas a venda em uma janela específica de tempo, como um mês ou mais. É comum, nos primeiros dias dessa etapa, que sejam oferecidos bônus para fomentar as vendas;
  4. Os investidores interessados em comprar esses tokens podem o fazê-lo a partir de uma exchange ou diretamente no site da empresa. O pagamento acontece através de Bitcoin, Ether ou outras criptomoedas;
  5. Depois da venda dos tokens, um livre mercado é criado. Os investidores começam a comprá-los e vendê-los de outras pessoas e, dependendo da oferta e demanda, os valores aumentam ou diminuem;
  6. De modo geral, os investidores obtém resultados de duas formas: no livre mercado, vendendo os tokens adquiridos à outros investidores, ou com os benefícios oferecidos por adquirí-los;
  7. Os benefícios são diversos. Algumas empresas atrelam, por exemplo, uma porcentagem dos seus lucros aos tokens, tornando-os numa espécie de título mobiliário, onde se pode auferir rendimentos. Outras, permitem que serviços, como hospedagem de arquivos e uso de recursos computacionais, sejam pagos exclusivamentec com eles.

Cuidados ao investir em ICOs

Agora que você já entende como funcionam as ICOs, pode estar pensando em começar a fazer seus investimento nessa área. Embora seja possível obter lucros e existam inclusive fundos de investimento especializados, todo o cuidado é pouco.

Diferentes dos investimentos tradicionais, não existe órgão regulador por trás dessa prática. Se por um lado isso é um avanço tecnológico da chamada Internet da Confiança, também é díficil recuperar seu dinheiro em caso de fraude.

Por isso, investir em uma ICO requer um mínimo entendimento e conhecimento sobre o mercado alvo em que a empresa emissora está ou estará. O insucesso ou incapacidade na execução do plano proposto pode causar a total falta de liquidez do seu ativo.