BWA Brasil: é confiável? Não deixe de ler antes de investir

1

Você sabe o que a empresa BWA Brasil faz? Saiba tudo sobre a empresa suspeita de esquema de pirâmide financeira que está sob acusação jurídica.

A empresa BWA criada por Paulo Bilibio em associação com Marcos Aranha, que fez escola em um esquema intitulado Up Essências e que também é investigado pelo Ministério Público. Além desses dois sócios, existiam mais dois sócios, que eram Jéssica da Silva Farias e Roberto Willens Ribeiro. 

O domínio do site da BWA Brasil pertence à Paulo Roberto Ramos Bilibio, criador da empresa suspeita de pirâmide financeira. 

Acreditamos que a empresa BWA Brasil atuava nas sombras, às escondidas, mas o que a fez ser alvo de investigação foram as constantes reclamações e processos acusando-a de golpe e fraude financeira. 

Nesse post iremos saber mais detalhes de como essa empresa funcionava, quais eram seus supostos ideais e objetivos. Saber um pouco mais sobre a história de seu fundador e entender melhor como funcionava a BWA Brasil.

O que é BWA?

A BWA é uma empresa que dizia investir em Bitcoin e garantia rendimentos e ganhos que podiam chegar até 1% ao dia. Porém, como todos nós sabemos, dinheiro é variável, como é o caso do bitcoin, e não é algo garantido pois depende de vários fatores para que seus valores sejam estabelecidos, sofrendo altos e baixos constantemente. 

Há diversas empresas que atuam nessa área, como é o caso da BWA, que ganha por número de pessoas cadastradas e não pelos investimentos realizados. Essa prática é considerada, na maioria das vezes, um esquema de pirâmide financeira.

Logo, se você tem algum investimento nessas empresas, resgate quanto antes para não ser vítima de golpes futuros e não correr o risco de perder seu capital investido. 

História da BWA Brasil

Acredita-se que a empresa BWA Brasil foi criada em meados do ano de 2017 pelo empresário Paulo Roberto Ramos Bilibio, homem que ficou muito popular após ter sido sequestrado por policiais civis. 

Paulo Bilibio, até o momento desse ocorrido, era conhecido por realizar vendas de produtos da suposta pirâmide financeira chamada BBOM (Embrasystem Tecnologia em Sistemas, Importação e Exportação LTDA). Existem indícios de que essa empresa tenha lavado dinheiro da facção do Primeiro Comando da Capital (PCC). 

No ano de 2020, houve uma redução no movimento da empresa e a mesma deixou de pagar os seus investidores e entrou com um pedido de recuperação judicial na Justiça de São Paulo, que foi deferido em julho do mesmo ano. A justificativa dada pela BWA para cessar o pagamento dos seus investidores foi a pandemia da COVID-19 que teria afetado suas atividades e consequentemente seus lucros.

Quem criou a BWA?

Como dito anteriormente, a empresa BWA Brasil foi criada em 2017 pelo empresário Paulo Roberto Ramos Bilibio, e a empresa sempre ofereceu serviços no mercado das criptomoedas, prometendo aos seus investidores rendimentos mensais fixos de até 1% ao dia. Vale mencionar que esse valor prometido é alto, inclusive no mercado das criptomoedas. A BWA, como pudemos observar, deixou de pagar seus investidores desde o início da pandemia de Covid-19 em 2020. 

Após algum tempo, depois de muitos processos e reclamações correndo no nome da empresa BWA Brasil, ela tentou persuadir a 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do estado de São Paulo, e afirmou que a dívida que tinha com seus investidores era de apenas R$ 449 mil e não de R$ 300 milhões. 

Frente a isso, o juiz Marcelo Barbosa Sacramone, observou que essa poderia ser uma ação jurídica caracterizada como uma tentativa de fraude e/ou golpe. 

A BWA Brasil, empresa que atuava em Santos no estado de São Paulo, simulava um banco de investimentos para grandes contribuições, com a promessa de rendimentos fixos mensais entre 1% e 5,2% para seus investidores, por meio de alguns tipos de criptomoedas. 

Vale lembrar que na época foram abertas duas empresas com praticamente o mesmo nome: BWA e BWA Brasil, porém tinham CNPJ diferentes.  

Podemos perceber que Paulo Bilibio tem um passado bastante obscuro, mas hoje vive confortavelmente nos Estados Unidos enquanto sua empresa deve milhões aos associados e corre o risco de ser despejada de sua sede em Santos, no litoral de São Paulo. 

BWA Brasil como funcionava?

Segundo várias reclamações e denúncias contra a BWA Brasil, a empresa sempre ia em busca de pessoas com alto poder aquisitivo e com patrimônio, algumas até consideradas ricas perto do padrão brasileiro, para oferecer investimentos em bitcoins. Prometendo rendimentos maiores do que qualquer outro tipo de aplicação financeira, podendo chegar a 54% em um ano. 

Para passar maior credibilidade à empresa, os sócios optaram por contratar profissionais com experiência no mercado financeiro, pois eles já possuíam carteiras de clientes.

Foram contratados gerentes de bancos tradicionais e bancos digitais, como: 

  • Itaú Personalité
  • Safra
  • Santander
  • Van Gogh
  • XP Investimentos e outros

A empresa era pouco divulgada no mercado e em seu site oficial não havia muitas informações sobre funcionamento. Não encontramos regras ou qualquer outra coisa que explicasse melhor o investimento com criptomoedas.

A única informação contida no site era um número de telefone, pois se acredita que o site era direcionado apenas para um grupo seleto de pessoas, principalmente moradores ricos da Baixada Santista. 

A fim de garantir a seletividade dos convidados, a empresa não aceitava contribuições com valores menores que R$ 30 mil, o que é considerado um valor extremamente alto. 

O grande problema é que a maioria das pessoas aplicou saldos muito maiores que o mínimo. Inclusive, há relatos de aplicações com valores entre R$ 1,6 milhões e R$ 2,4 milhões!

A empresa conseguiu convencer não apenas empresários ricos e poderosos, mas também aposentados que chegaram a vender seus imóveis de aluguel para obterem maiores ganhos com a empresa de investimentos em criptomoedas. 

Planos da empresa BWA Brasil investimentos

O site oficial da empresa não é possível de ser acessado, só oferece acesso quem tem cadastro. Logo, não é possível captar nenhum tipo de informação, pois na página principal do site não existe nenhuma informação sobre os supostos investimentos, regras ou planos que possam estar vinculados à empresa. 

Quando acessamos a página inicial do site, podemos ver apenas uma página de login, solicitando acesso exclusivo ao site. 

BWA em Santos – São Paulo

Como dito anteriormente, a empresa BWA Brasil Tecnologia Digital LTDA é uma empresa registrada e com sede em Santos, no estado de São Paulo, cujos sócios ativos no contrato social são Roberto Willens Ribeiro, Marcos Aranha, Jéssica Da Silva Farias e Paulo Roberto Ramos Bilibio, suposto criador da empresa BWA Brasil.  

BWA Bitcoin o que era?

Como já vimos, a associação entre BWA e Bitcoin está no fato da empresa, suspeita de pirâmide financeira, usar supostos investimentos na criptomoedas mais famosa do mundo, o Bitcoin, como forma de atrair pessoas de alto poder aquisitivo para o esquema. 

BWA investimentos

A empresa BWA de investimentos em criptomoedas, não conta com o nome de Paulo Bilibio no quadro de sócios, mas somente com os nomes dos outros três sócios que hoje vivem bem em outro país, acredita-se que com dinheiro dos investidores. 

BWA corretora

Como mostrado em muitas reportagens da internet, a BWA Brasil está sendo investigada e é acusada de pirâmide financeira.  

A forma de operação da corretora era prometer muitos lucros aos investidores. Porém, no final das contas, a BWA corretora ficou em dívida com seus investidores, o que acabou levando-a a uma possível falência. 

A empresa BWA Brasil era golpe?

A empresa foi acusada de aplicar golpes com a criptomoeda bitcoin, gerando um prejuízo em torno de R$ 300 milhões. 

A empresa BWA Brasil é atualmente investigada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público por estelionato, lavagem de dinheiro.

O golpe em forma de pirâmide financeira era disfarçado em investimentos de criptomoedas. A empresa sempre negou as acusações e afirma estar comprometida em reparar os prejuízos que seus clientes tiveram. 

Por ter sido acusada e estar na mira de investigações, a empresa BWA tem de apresentar contas até o dia 30 de cada mês. Além das contas mensais, a empresa tem que entregar mensalmente ao administrador judicial os documentos que lhe forem solicitados.

A empresa BWA também precisa entregar extratos de movimentação de todas as suas contas bancárias, documentos de recolhimento de impostos e encargos sociais, bem como demais verbas trabalhistas, para que dessa forma possa ser investigado possíveis gastos pessoais ou omissão de informações. O administrador judicial também deverá emitir relatórios das movimentações e serviços realizados. 

BWA Brasil Reclame Aqui

Há muitas reclamações da empresa BWA Brasil no Reclame Aqui. A maioria das reclamações no site diz respeito a bloqueios dos valores investidos, não sendo possível realizar saques. Também relatam que não conseguem contatar a equipe da empresa de nenhuma forma (WhatsApp, e-mail ou suporte do site). 

Veja abaixo alguns exemplos de reclamações da BWA no site Reclame Aqui:

Vendi um imóvel e guardei 80 mil até me aposentar e não consigo sacar desde outubro/19
Recurso investido bloqueado – falta de comunicação
Acesso a plataforma negado
Empresa não honrou compromissos assumidos
Dinheiro investido sumiu e bloqueado
Não pagamento aos investidores
Dinheiro preso!!
Não estão pagando os resgates e rendimentos
Quero a devolução do meu dinheiro

BWA é pirâmide?

A maioria dos advogados e juízes envolvidos no processo, acredita que esse seja um clássico tipo de pirâmide financeira, porém ainda são casos considerados suspeitos de pirâmide e nada é oficial. 

Conclusão

Empresas que prometem muitos lucros em pouco tempo, investindo muito e ganhando ainda mais, normalmente são consideradas formas fraudulentas de ganho de dinheiro. Tenha muito cuidado com empresas que prometem ganhos financeiros altos em pouco tempo.

Neste caso, o melhor a se fazer é não investir no esquema. Caso você já tenha investido, resgate seus fundos o quanto antes, pois uma hora ou outra essas empresas cairão sob investigação e você estará sujeito a perder todo o dinheiro investido.