A Fenix Global é golpe? Não deixe de ler antes de investir

1

A Fenix Global apareceu em uma reportagem da TV Record sobre pirâmides financeiras, logo após parar de pagar os seus investidores e bloquear os saques em sua plataforma. Na reportagem é possível ouvir os relatos das vítimas da Fenix Global. 

A Fenix Global era do mesmo dono da Binary Bit. A Binary Bit era um esquema de pirâmide financeira. A Binary Bit parou suas atividades em 2019 e os antigos clientes deveriam migrar para plataforma de investimento da Fenix Global. 

Como funcionava? 

A empresa fazia eventos para atrair investidores. Eram eventos luxuosos, um deles contou com a participação da Camila Farani do programa Shark Tank. Camila Farani é uma das maiores investidoras anjo do Brasil. 

A empresa oferecia planos de investimentos com valorização de 300% em até 10 meses. Os investidores ganhariam cerca de 3% ao dia sobre o capital investido. Da para entender como funcionava os planos através da imagem abaixo:

fenix global investimentos 

Binary Bit e a Fenix Global tinham o mesmo esquema de captar investidores para comprar seus planos.

A empresa não explicava como iria rentabilizar o dinheiro investido. A Fênix só dizia que seu dinheiro iria render no “piloto automático”. Ou seja, era só você comprar o plano que ele renderia. A outra proposta comercial da empresa dizia que as indicações de cada novo investidor renderiam 10% sob o plano contratado. Estimulando assim a entrada de novos membros para nutrir a pirâmide. 

Fenix global Investors 

A CVM, Comissão de Valores Mobiliários, começou a investigar a Binary Bit em novembro de 2019. A CVM emitiu um alerta para suspender as atividades da empresa.

Posteriormente a Binary Bit virou a Fenix Global. No momento que a CVM começou a investigar a Binary, a empresa emitiu um comunicado aos clientes que iria suspender os saques na plataforma. Ou seja, não pagaria seus investidores. 

Alguns meses depois, em maio de 2020, a Fenix Global fechou. A empresa falou que pagaria todos os investidores antigos da Binary Bit através Fenix Global, mas isso não aconteceu. Pois, a Fenix Global era um esquema de pirâmide financeira semelhante a Binary Bit, ambas de Ricardo Toro.

Fenix Global  pagou alguém? 

Ricardo Toro disse que faria a venda de um dos apartamentos para pagar alguns investidores furioso da Binary Bit. E disse que cerca de 20% dos clientes da Fênix global receberam lucro pela plataforma de investimentos. Ou seja, 80% dos clientes da Fênix Global não receberam o que foi prometido. 

Fenix Global é pirâmide?

A Fênix Global é mais um caso de pirâmide que aconteceu no Brasil usando Bitcoin como chamariz. A maioria das pessoas que entraram na Fênix Global não sabiam sobre mercado financeiro ou bitcoin. Portanto, não conheciam o que a empresa faria para rentabilizar o dinheiro prometido.  

O Brasil tem um histórico com esquemas de pirâmides financeiras e criptomoedas, esse não é o primeiro caso, somente é o mais recente. Um dos casos mais famosos no Brasil foi a Unick Forex.

Geralmente o esquema é disfarçado com algumas técnicas de marketing multinível. É como essas empresas se apresentam inicialmente, dizem que fazem marketing multinível e não pirâmide financeira. Mas apresentam um plano de benefícios para os investidores que lhe entregarem mais indicações.   

Noticias recentes

Após uma reportagem da Record TV e a exposição da empresa na mídia relatando a fraude financeira com testemunhos de vítimas reais.

A Fenix Global, tentou amenizar a má notícia e fez um comunicado no Instagram dizendo que mesmo em meio às dificuldades, ela estaria operando e pagando seus investidores.  

A Fenix Global aplicou um golpe de 80 milhões de reais, esses dados foram apurados pelo Ministério Público de São Paulo.  

Fenix Global fechou? 

Sim, a Fenix Global fechou. A empresa dizia que cuidava do capital das pessoas e que o faria render. Os supostos rendimentos aconteceriam através de um robô de investimentos da Fênix Global. 

O robô iria operar no mercado de criptomoedas, forex e opções binárias. Cerca de 6 mil pessoas que vieram da antiga empresa Binary Bit já tinham escutado esse mesmo discurso do robô de investimentos.

Mas esses investidores migraram para a Fenix Global com a esperança de reaver o capital perdido na Binary Bit, a empresa começou com um capital de 773 mil de taxas que cobrou pela migração da Binary para a Fenix.  

A Fenix disse que esse dinheiro seria aplicado no robô investidor. E o robô faria operações no mercado para recuperar os investimentos de 6 mil pessoas que migraram da Binary Bit.

Como contratar?

Fênix Global prometia planos de investimentos coletivos com rendimento de 300% em 10 meses de operações com Robô. Alguns planos de Investimentos eram de 12% ao mês e outros de até 30% ao mês sobre o capital investido. Para contratar o plano era só fazer o pagamento no site da empresa. 

Dashboard Fenix Global 

A Dashboard do Fenix Global não está disponível para os investidores. O link de acesso era: dashboard.fenix.global.

Pirâmide 

É proibido no Brasil oferecer títulos coletivos de investimentos, esse foi um dos motivos para CVM investigar a Fenix Global. 

Mas a questão é: a empresa não fazia lucro real com as operações do robô e não rentabilizava o dinheiro dos contratos coletivos. Os ganhos vinham da indicação e entrada de novos membros no esquema. 

Dessa forma, a Fenix Global não pagou 80% dos investidores. Os 20% que conseguiram pagamentos eram os clientes mais furiosos que vieram da Binary Bit. 

Planos de investimento da Fenix  

O primeiro plano do robô acontecia em opções binárias, prometia uma rentabilidade de até 30% ao mês, com o valor de banca entre $50 e $15.000. Porém, a pessoa pagaria uma taxa de $ 25 por mês para a atualização do robô completa. O plano duraria até 1 ano. 

O segundo plano prometia um robô exclusivo para criptomoedas, com rentabilidade de 30% ao mês para uma banca entre $ 50 e $ 15.000. Também teria que pagar uma taxa de $ 25 pela atualização dor robô. O contrato do robô da Fenix para criptomoedas valeria 1 ano.  

O último robô era exclusivo para forex, operava com uma banca entre $ 50 a $ 15.000, com rentabilidade de até 30% ao mês. Também era cobrada a taxa de atualização desse plano. Sabemos que nada disso foi real, a empresa não fazia operações com esses robôs. 

Banco de investimentos 

A empresa dizia que teria um banco, o Fenix Banco contaria com o Fenix Card, um cartão próprio para pessoa utilizá-lo para qualquer compra. Isso entraria em vigor em até 60 dias após o lançamento da plataforma. Mas nunca entrou!  

A Fênix passava a ideia que o robô operava automaticamente no mercado financeiro. Através de um sistema exclusivo com um algoritmo. Esse algoritmo conseguiria dar os melhores pontos de entrada no mercado e fazer lucros altos. Mas a Fenix Global tinha um esquema de pirâmide, o famoso esquema Ponzi 

O esquema Ponzi é muito famoso e foi criado por Charles Ponzi. Charles criou um sistema sofisticado de pirâmide financeira para atrair investidores. Da mesma forma acontecia com a Fenix Global. 

A Fenix Global recrutava investidores com promessas de ganhos altos, porém a receita do rendimento era gerada pelos planos de novas pessoas que entravam no esquema.

Portanto, não tinha lucro real sobre as operações financeiras do robô investidore. O dinheiro do rendimento das pessoas que receberam era o dinheiro de outras pessoas que investiram na Fenix. Isso é um crime contra a economia popular no Brasil, além de ser estelionato, porque os donos ficaram com o dinheiro dos investidores.  

Observação: Desconfie de qualquer promessa de ganho fácil no mercado financeiro, principalmente envolvendo a bitcoin como moeda de troca. Não é a primeira fraude envolvendo criptomoedas, forex e opções binárias. Por isso, procure plataformas confiáveis para realizar seu investimento e não intermediários.