Genbit é confiável? Aprenda tudo antes de investir

1

Genbit foi criada por Nivaldo Gonzaga, e além dessa empresa, Nivaldo criou outras empresas também suspeitas de esquema de pirâmide financeira juntamente com seu filho, Gabriel Tomaz Barbosa.

Dentre as mais conhecidas podemos citar: Zero10 Club, Índaco Equilíbrio e Prosperity Clube. Vale lembrar que todas estão sendo investigadas pela polícia.

Quer entender o que aconteceu com a Genbit? Continue lendo!

O que é Genbit?

GenbitA Gensa Serviços Digitais, é a empresa que controla a Genbit e a Zero10 Club, esquemas suspeitos de ser uma pirâmide financeira.

Os donos da Genbit, que ficava sediada em Campinas (SP), convenciam as pessoas a investir na plataforma, prometendo rendimentos além do normal no mundo de hoje. Exemplos de investimentos que eram disponíveis na empresa eram os seguintes: quem investisse R$ 26.500,00 receberia de volta 36 parcelas mensais de R$ 3.600,00, ou seja, um total de R$ 129.600,00.

Dessa forma, o lucro prometido pela Genbit era de cerca de 500% em três anos, o que dá aproximadamente 15% ao mês. A empresa usava como propaganda a criptomoeda mais famosa do mundo, o Bitcoin. Porém, hoje em dia quando empresas prometem lucros altos em cima da criptomoeda Bitcoin você deve ficar atento, pois o valor dessa criptomoeda depende de vários fatores e não é estável, logo não é possível prometer lucros sobre ela sem saber o valor que ela estará daqui a alguns minutos.

A Genbit se vendia com o marketing de ser um negócio seguro, confiável e “de Deus”, pois os sócios eram membros de uma determinada instituição religiosa.

A Genbit, apesar das inúmeras propagandas e marketing divulgando-a, não era uma empresa nova pois, já atuava no mercado financeiro com o nome de “Zero 10 Club”, empresa essa que foi proibida de operar no ano de 2019.

Após essa proibição a Zero 10 Club continuou seus serviços de forma irregular através da então inovadora Genbit. Dessa forma a CVM emitiu um novo comunicado alertando sobre a possibilidade de aumentar o valor da multa para cerca de R$ 300 mil.

Após a emissão de tal alerta a empresa mudou de nome novamente criando o grupo econômico “Treepart”, uma holding que tem seus negócios agregados a Genbit e que era controlada pela Gensa, mesma empresa da Zero 10 Club e Genbit.

Genbit login

Atualmente o site da Genbit se encontra fora do ar, logo não há formas de acessá-lo com login e senha.

Genbit login

Você criava sua conta no próprio site com informações pessoais e sempre que você acessava o site com login e senha, recebia um código em seu celular como forma de segurança de acesso.

Genbit Exchange

A Exchange da Genbit funcionava como se fosse uma carteira virtual por onde era possível acompanhar e fazer todas as transações possíveis com suas criptomoedas, assim como acessar em qualquer lugar e a qualquer momento, todas as suas transações.

Também era possível acompanhar em tempo real as cotações das criptomoedas, consultar seu saldo em reais e em criptomoedas e muito mais.

Como funcionava a Genbit Club?

Os investidores realizavam seus depósitos em moeda corrente para uma empresa denominada Arbor, logo em seguida, o dinheiro era disponibilizado na plataforma da Genbit, onde o investidor podia adquirir ao cobiçado pacote de vantagens ou comprar e vender bitcoins, como uma forma de investimento.

Além disso, a empresa atuava como plataforma para negociação de criptomoedas, ou seja, a Genbit vendia pacotes de investimentos com promessa de rendimentos mensais de até 15%.

Os donos da Genbit afirmavam que esses ganhos seriam obtidos por meio da arbitragem de criptomoedas, ou seja, compra e venda de moedas em diferentes corretoras para lucrar com a diferença de preços. O contrato era de 36 meses e os valores dos pacotes variavam entre US$ 100 a US$ 75 mil.

A Genbit tinha um valor fixo de câmbio, onde o dólar era sempre cotado em R$ 3,50. Dessa forma, se um investidor comprasse um pacote de US$ 7.500, pagaria R$ 26.250, com a garantia de receber quase R$ 4.000 por mês em bitcoins, ao longo de três anos. Porém todos sabemos que lucros assim muito altos não são possíveis, principalmente quando se trata do mercado das criptomoedas, que depende de inúmeros fatores para se valorizar ou até mesmo desvalorizar.

Últimas notícias sobre a Genbit

Nas últimas notícias disponíveis na internet, a impressa diz que a suposta pirâmide financeira driblou cerca de 45 mil pessoas, de forma nacional e internacional, tendo um lucro de aproximadamente R$ 1 bilhão, segundo as informações do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Outros pontos das reportagens afirmam ter buscado valores em contas das empresas Gensa no Brasil, porém não encontraram nada, levando todos a acreditar que os valores tivessem em contas no exterior, que até o momento não existem provas sobre esses valores.

Frente a isso, o Ministério Público solicitou a quebra dos sigilos bancários de modo a rastrear o dinheiro investido na empresa.

Genbit no site Reclame Aqui

A empresa Genbit conta com inúmeras reclamações no site do Reclame Aqui, o que a classifica como não recomendada.

A maioria das reclamações diz respeito a investidores que confiaram nas promessas da empresa e caíram no golpe de pirâmide financeira. Dessa forma, não receberam seus investimentos de volta e tiveram prejuízos enormes, sendo que algumas pessoas relatam que até faliram por confiar na Genbit e em seus ganhos.

Outras ainda reclamam do fato de não conseguirem contatar os sócios, que os meios de atendimento não funcionam e que não recebem nenhum tipo de explicação ou resposta dos e-mails enviados à Genbit.

A Genbit quebrou?

Após tomar posse do dinheiro dos investidores, a Genbit trocou o dinheiro pela sua própria moeda, a TPK, e demitiu todos os funcionários sem pagar nada.

Sabe-se que a empresa Genbit deve milhares de pessoas, valores relativamente altos que foram investidos. Porém, os donos da Genbit estão sumidos desde meados de novembro de 2019 e não se manifestam a respeito de pagamento ou dão algum informe sobre o assunto.

Dessa forma, acredita-se que os mesmos não possuem o suficiente para pagar todas as pessoas que devem, ou possuem e não querem desfazer dos bens que têm mesmo com a policia civil e o ministério público em seus calcanhares.

Frente a tantas informações envolvendo a Genbit e as demais empresas que já tiveram o nome alterado pelos donos, podemos dizer que atualmente a mesma se encontra quebrada pois está na mira dos investigadores.

Genbit é um esquema de pirâmide financeira?

O esquema de pirâmide financeira nada mais é que um modelo de negócio que atrai pessoas interessadas em ganhar “dinheiro fácil”, com pouco trabalho e com bons resultados em um curto período de tempo.

Apesar de parecer uma forma de ganhar dinheiro fácil, esse tipo de atividade tem duração restrita, já que o próprio negócio não se sustenta, pois depende sempre de novos usuários, e apenas os primeiros investidores conseguem o retorno financeiro prometido.

Frente a isso, podemos dizer que a Genbit é um clássico caso de pirâmide financeira, pois depende do cadastro de novos usuários para se manter, não apresentado uma forma estável de rentabilizar seus valores.

Genbit é seguro ou é uma fraude?

Após ter criado sua própria moeda, o TPK, a Genbit deixou de trabalhar com Bitcoin, porém, a criptomoeda ainda não possuía valor e reconhecimento no mercado, fato que deixou todos bastante preocupados.

Os donos da empresa tentaram de tudo para parecer que a Genbit era algo sério, pois até criaram cartões de TPK, porém como a maioria das pessoas sabe que não existe nenhum estabelecimento que aceite esse tipo de pagamento, pois a moeda havia sido criada recentemente e ainda não era conhecida pela maioria.

Mesmo com tantas mudanças criadas pelos donos, eles ainda resolveram comprar 500 celulares Moto Lan, da Motorola, para vender aos comerciantes. Esses celulares já vinham com o aplicativo da Treep Pay instalados, porém só conseguia acesso ao app quem comprasse os telefones direto deles pois não existe a opção de baixar esse app na Play Store.

Desse forma, podemos dizer que a Genbit não era uma empresa segura, pois havia muitos indícios de fraude envolvendo o nome da empresa e de seu criador e sócios.

Genbit é confiável?

A resposta para esse questionamento é simples: não é confiável pois a Genbit e sua criptomoeda (TPK) são uma fraude. Isso pode ser afirmado pelo fato da empresa ter convertido os bitcoins dos investidores em TPK sem sua prévia autorização.

Outra coisa que nos mostra que a Genbit não é uma empresa confiável, é o fato dos próprios funcionários confirmarem a história da mudança de nome da empresa sempre que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) proibia a sua atuação irregular no mercado.

Atualmente, a empresa Genbit está sendo investigada pela Polícia Civil de São Paulo sob suspeita de pirâmide financeira e fraudes com criptomoedas.

Conclusão

Devemos sempre estar muito bem informados da procedência das empresas antes de resolvermos fazer investimentos em independentemente do valor. Desconfie de terceiros negociando em seu nome sempre!

Antes de investir, procure saber criteriosamente todos os dados da empresa e sua procedência no mercado, pois atualmente está comum os golpes envolvendo criptomoedas, inclusive temos diversos textos falando sobre pirâmides e criptomoedas.