Mercado

As melhores criptomoedas em queda no mercado: Saiba quais você precisa comprar para compor a sua carteira

Postado por em 28 de July de 2022 , marcado como , , , ,

Selecionamos para você as melhores criptomoedas em queda no mercado, para que você possa aproveitar o momento e turbinar a sua carteira de criptoativos no futuro!

Confira a nossa lista com os melhores criptoativos para garantir seus investimentos!

Waves

O projeto Waves nasceu com a proposta de ser uma plataforma em que qualquer pessoa pode criar o seu próprio token, seja ele para qual finalidade que for.

Por meio da Waves é possível desde criar um token para que você possa promover um financiamento coletivo ou, ainda, para poder criar um programa de fidelidade para a sua loja, para criar uma criptomoeda para um aplicativo ou, até mesmo, para que você possa financiar a sua festa de casamento, convertendo-a em fiat.

Em menos de um minuto, por meio da plataforma Waves, você sai com um token fresquinho e pronto para ser utilizado com a finalidade que você mesmo definir.

Além disso, o protocolo Waves conta com uma DEX – uma exchange descentralizada -, por meio da qual é possível negociar suas criptomoedas recentemente criadas com qualquer outro tipo de token nativo do protocolo Waves.

Nos últimos sete dias o token apresentou uma queda de 5,45%, sendo uma das melhores opções para quem busca por opções que estejam em declínio, ainda que momentâneo*.

Saiba mais: Core Scientific liquida boa parte do seu estoque de Bitcoin para conseguir se manter ativa com a queda das criptomoedas

Solana

A Solana vem sendo apontada desde a sua fundação como um dos projetos mais promissores do universo criptográfico, sendo uma criptomoeda que cresceu muito desde o seu surgimento no mercado.

Sua plataforma foi desenvolvida para que qualquer pessoa possa criar um contrato inteligente autoexecutável, o que permite que você possa resolver rapidamente e sem qualquer tipo de burocracia, por exemplo, a entrega de um trabalho e ter, de forma imediata, a sua remuneração.

Tal como a Cardano e a Ethereum, a Solana tem o seu código totalmente aberto, que hoje é desenvolvido pela Fundação Solana, que tem sua sede em Genebra. Sua blockchain foi criada por seu time de desenvolvedores, que estão alocados na Solana Labs, que tem a sua sede, por sua vez, em San Francisco, na Califórnia.

A criação da Solana data de 2017 e era um projeto ambicioso desde a sua idealização.

Hoje, a blockchain vem sendo apontada como uma leal e substituta para os serviços que a Ethereum, por exemplo, disponibiliza ao seu público.

No momento que escrevemos esta matéria o token SOL acumula uma queda de 5,53% na semana*.

Saiba mais: Melhores wallets para Bitcoin 2022: Saiba quais são as melhores carteiras digitais do do mercado

Gala Games

A Gala Games criou o seu token GALA para ser o seu recurso de utilidade em seu metaverso, que é marcado pela existência de diferentes jogos de estratégia play-to-earn, em que o jogador enfrenta seus oponentes e ganha, por meio disso, tokens do jogo, o GALA, portanto.

Devemos compreender a Gala Games como um hub de jogos, em que são distintos os projetos que se agrupam com a finalidade de fazer com que seus jogadores possam se envolver com diferentes dinâmicas de jogo.

Dessa forma, não estamos falando aqui de um único jogo para ganhar e, sim, de vários, que são 100% gratuitos – apesar de requererem um NFT inicial que possibilitará o começo da mecânica do jogo – e não é preciso fazer qualquer investimento para liberá-los.

O token do jogo, o GALA, é usado, sobretudo, como forma de remunerar seus jogadores e os operadores dos nós do game, bem como para a governança da sua rede.

Por meio dos tokens é possível que o jogador adquira diferentes itens na loja do jogo, em que outros jogadores também podem disponibilizar suas criações, em um verdadeiro game comunitário.

Atualmente o token está apresentando uma queda de 5,18% nos últimos sete dias, o que apresenta uma boa oportunidade para a sua compra*.

 

Dogecoin

A Dogecoin é a primeira criptomoeda meme da história da indústria de mercado da blockchain.

Embora tenha surgido como uma crítica ao mercado de criptoativos que estava em pleno vigor em sua fundação – 2013 – a sua comunidade e diversos investidores passaram a levá-la muito a sério, fazendo com que ela se tornasse uma das principais memecoins do mercado de criptoativos.

O token apresenta uma queda de 5,60% no momento em que escrevemos este texto*.

* De acordo com dados do mercado no dia 28 de julho, às 12h36.

 

Siga o Criptoeconomia nas redes sociais!