Geral

Zro Bank, startup de Recife, negocia integração com bancos internacionais

Postado por em 9 de outubro de 2020 , marcado como , , , ,

O Zro Bank, um Banco Digital integrado com Bitcoin, criptomoedas e com o Telegram, anunciou recentemente que está trabalhando na integração com dois bancos tradicionais.

Os bancos estão localizados nos EUA e na Alemanha.

O objetivo é permitir remessas internacionais para seus clientes através do aplicativo do Zro Bank.

Inovação à vista

A inovação tecnológica do Zro Bank permite ter um banco internacional integrando moedas tradicionais e digitais para facilitar as transferências internacionais

Segundo Edisio Pereira Neto, CEO do Zro Bank, o envio de dinheiro para os cliente da companhia será feito em menos de dez segundos, pelo aplicativo e sem a necessidade de preencher formulários ou usar o sistema Swif.

Assim, Neto conclui que o novo serviço deverá entrar em operação no primeiro trimestre de 2021.

“Estamos finalizando a integração com um banco nos Estados Unidos e outro na Alemanha. Nossos clientes terão acesso a uma conta internacional integrada na plataforma e poderão fazer transferências instantâneas pelo Telegram para clientes Zro Bank em qualquer parte do mundo”, destacou.

Zro Bank em busca de expansão no portfólio de criptomoedas

O Zro Bank, por enquanto, trabalha apenas com Bitcon e reais.

Porém, em breve, outras moedas tradicionais e digitais deverão estar disponíveis na plataforma, incluindo dólar, euro e até mesmo ouro.

“Acreditamos que, para reinventar o mercado financeiro, é preciso recomeçar do zero. O propósito do Zro Bank é quebrar a barreira que existe na transferência de dinheiro no mundo, gerando inclusão financeira e devolvendo o controle para quem realmente merece, o cliente. Para tanto, criamos um super aplicativo que mira a próxima curva do mercado financeiro”, afirma Neto.

Pagamentos em Bitcoin

O Bitcoin pode ser utilizado para pagamentos e transferências no Zro Bank, que possui uma integração com o mercado de criptomoedas. Dessa forma, os clientes podem transferir valores em BTC, além de ser permitido o pagamento de contas entre outros.

Por outro lado, os clientes do Zro Bank podem armazenar o saldo em Bitcoin no banco digital, além de trocar a criptomoeda pelo real brasileiro sempre que for preciso.

Dessa forma, d acordo com Marco Carnut, o banco digital funcionará como se fosse uma carteira digital para armazenamento de Bitcoin. O CTO da Zro Bank explica que o aplicativo permitirá o armazenamento seguro de saldo em BTC.

“Serve como uma carteira digital, em que o usuário pode, dentro do seu banco, converter seu saldo em reais para criptomoedas, além de armazenar de forma segura, sem precisar se preocupar com questões avançadas de segurança.”

100 mil usuários nos próximos meses

Desde maio de 2020, o Zro Bank já opera em fase de beta test, com uma base de cinco mil usuários.

Todavia, com o lançamento oficial em setembro, o app poderá ser baixado nos smartphones com sistema operacional Android ou iOS.

Assim, a previsão da startup é chegar aos 100 mil usuários em apenas três meses.

O Banco Central também já aprovou a adesão do Zro Bank ao PIX, o novo sistema de pagamentos instantâneos via QR Code que funcionará a partir de novembro.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!