Geral

Rede Ronin sofre perda de 3 bilhões de reais em um ataque hacker

Postado por em 30 de March de 2022 , marcado como

O Axie Infinity é, sem qualquer dúvida ou qualquer hesitação em apontar, o maior jogo de blockchain que está no mercado nesse momento. No entanto, parece que nem mesmo o mais importante dos jogos voltados para esse mercado está imune a ataques hackers. E foi em um ataque hacker que a Rede Ronin perdeu 3 bilhões de reais do seu espólio.

A sidechain do Axie Infinity foi lançada no ano passado como uma forma de fazer com que o tempo de transação da rede principal fosse reduzido e tivesse suas taxas de gás igualmente reduzidas, trazendo maior dinamismo e até mesmo alguma espécie de conforto para os usuários, que estavam já em um processo de abandono da rede por conta da sua alta taxa de latência.

Hoje, no entanto, não se comemora ganho ou qualquer nova funcionalidade da sidechain do jogo de blockchain mais importante do mercado. Hoje o que se lamenta é uma perda da casa de bilhões de reais. Ao todo, a rede perdeu mais de 625 milhões de dólares, dividido em USDC e Ether. E esse pode ser, até onde se sabe, o ataque hacker de maior porte de toda a história das finanças descentralizadas.

O golpe sofrido pela Rede Ronin significa, no entanto, muito mais do que uma perda a se lamentar. Significa, também, uma falha de segurança que foi descoberta de forma muito tardia e que pode ter exposto também seus usuários e os valores investidos por eles no jogo.

E esse tipo de quebra de confiança é muito difícil de ser superada.

Saiba mais: A LaBitConf vem aí! Confira tudo sobre a nova edição do maior evento cripto do mundo

Os valores que foram roubados da Rede Ronin já começaram a apresentar movimentações

A carteira do hacker já foi identificada e marcada pela rede como um participante do roubo. Se trata, segundo o que fora apurado e divulgado pela rede, de um endereço novo na Ethereum e que já tinha realizado, antes, poucas transações, sendo algumas com a Binance, há pouco mais de uma semana. O ataque, em si, foi registrado na última quinta-feira.

Até esse momento, a maior parte do dinheiro que foi roubado em ETH ainda está alocado no endereço do hacker, mas cerca de 6 mil ETH já foram parar em outros endereços, em outras carteiras.

Ainda não se sabe, no entanto, se essa pulverização é uma tentativa de fazer com que haja a diluição do valor em outras carteiras, contribuindo com o despistar das investigações ou até mesmo para a lavagem de dinheiro, ou se, nesse momento, o interesse do criminoso é o de simplesmente dividir o espólio com outros participantes do golpe, seus cúmplices, portanto.

Seja como for, o que temos nesse momento enquanto evidência é que quem realmente sofreu o baque foi o preço do AXS, que está operando em uma queda significativa.

Saiba mais: Crypto.com agora é patrocinadora oficial da Copa do Mundo de Futebol da FIFA 2022

 

 

Siga o Criptoeconomia nas redes sociais!