Geral

Prova de centralização? Vitalik prejudica projetos DeFi

Postado por em 12 de May de 2021 , marcado como , ,

Prova de centralização? O criador do Ethereum (ETH), Vitalik Buterin, resolveu intervir no hype das “criptomoedas meme”.

O primeiro alvo foram as “criptomoedas meme” inspiradas em cachorros, clones da Dogecoin.

Analistas vêem prova de centralização em ação no Ethereum contra projetos DeFi

Vitalik simplesmente começou a fazer dump de tudo o que tinha em tokens Shiba Inu (SHIB), AKITA, entre outros.

Conforme matéria do Cripto Fácil, o analista Igor Igamberdiev afirmou que Buterin vendeu cerca de 2,19 trilhões de tokens SHIB.

A transação teria sido realizada há pouco tempo, conforme print da blockchain do Ethereum, abaixo.

SHIB

Assim, logo em seguida, outros tokens começaram a ser despejados no mercado.

O diretor de pesquisa do The Block, Larry Cernak, alertou que o token AKITA, por exemplo, teve 50 bilhões de unidades trocadas por Ether (ETH).

Especula-se que o que motivou Buterin, possivelmente, foram as altas taxas provocadas pela febre envolvendo esses tokens.

Portanto, ele teria agido para prejudicar os projetos e derrubá-los o máximo possível.

Todavia, a ação gerou críticas de alguns, que questionaram a descentralização do Ethereum.

Atitude realmente prova a centralização no Ethereum?

A atitude, embora pareça inesperada, havia sido prevista por Igamberdiev. Na terça-feira (11), ele alertou que Buterin poderia causar fortes impactos na liquidez do SHIB.

 

Segundo o analista, o criador do Ethereum possuía cerca de 49,5% da provisão de liquidez para o token.

Desta forma, ele poderia causar algum “acontecimento” se resolvesse despejar todos no mercado.

Especula-se que o objetivo de Buterin com a retirada de liquidez foi salvar o Ethereum dessa explosão de taxas.

Com menor liquidez no mercado, os usuários enfrentam mais dificuldades para negociar os tokens.

Em outras palavras, o criador do Ethereum estaria sacrificando o SHIB na expectativa de baratear as taxas.

Portanto, o fato causou um verdadeiro frenesi.

Assim que a notícia se espalhou, os investidores correram para se desfazer de seus tokens.

Os tokens que enriqueceram muitos agora enfrentam um verdadeiro mar vermelho de quedas.

Todavia, a velocidade e o volume das operações foi tamanha que muitas delas chegaram a falhar.

 

Ação gera críticas de centralização

A atitude gerou reclamações de usuários.

Muitos investidores desses tokens afirmaram que essa seria mais uma prova da centralização do Ethereum.

Um deles chegou a dizer que Buterin estava derrubando os tokens para proteger a “prova de centralização” do Ethereum.

Até mesmo doações de tokens de “cães” estariam sendo feitas por Vitalik.

Esta doação de AKITA, por exemplo, foi feita para o Gitcoin, uma plataforma para suporte de projetos open source.

Assim como o SHIB, o AKITA também desabou de preço nos últimos minutos.

Até o momento da escrita desta matéria, a queda chega a 45% e não dá sinais de interrupção.

Portanto, fica a dica a todos os investidores diante dos potenciais problemas da área das DeFi.

O potencial desses projetos crescerem e caírem é enorme.

E sem sombra de dúvidas, haverá reação da parte da rede se algum projeto for visto como prejudicando o ecossistema.

Se isso prova que o Ethereum é “centralizado” ou não, é algo aberto à discussão.

Aos que estiverem em dúvida e quiserem comprar Bitcoin, para garantir estar num projeto descentralizado, clique no link!

 

Siga o Criptoeconomia nas redes sociais!