Investimentos

Perfil falso no Twitter associa Elon Musk a esquema fraudulento de criptomoedas

Postado por em 11 de outubro de 2018 , marcado como , , , , , ,

Uma conta verificada no Twitter, mascarada como sendo de Elon Musk, foi usada para publicar e divulgar um esquema fraudulento de criptomoedas na manhã dessa quinta-feira (11).

Perfil falso no Twitter associa Elon Musk a esquema fraudulento de criptomoedas

(Foto: Pixabay)

A notícia provocou a revolta de usuários que viram o tweet, fortalecendo o pedido por medidas mais consistentes de práticas anti-golpe na plataforma de mídias sociais. Desde então a postagem foi excluída.

O link direcionava o usuário para um site de investimento no qual induzia a compra com a frase: “envie de 0,2 a 5 BTC ao endereço abaixo e receba de volta de 1 a 100 BTC”.

Tweet pago

O incidente chamou a atenção, principalmente, por envolver uma conta verificada, mas também porque o anuncio do golpe foi circulado em um tweet pago.

Os tweetes promovidos são pagos e geralmente usados por um anunciante para atingir um público mais amplo, aproveitando as tendências de pesquisa — nesse caso, o interesse público em torno do polêmico CEO da Tesla — para melhorar o desempenho e a visibilidade do produto.

Histórico

Apesar de proibir anúncios sobre criptomoedas em sua plataforma, o Twitter tem enfrentado críticas pela prevalência de fraudes.

De fato, a identidade de Elon Musk já foi usada, no passado, por outros golpistas que tentaram aproveitar sua popularidade para enganar os usuários.

Em agosto, um grupo de pesquisadores publicou evidências de uma botnet de massa (quando o computador age como um “zumbi” e realiza tarefas de forma automatizada), no qual utilizava contas falsas para dar a impressão de que pessoas reais estavam interagindo com os organizadores das ofertas.

Uma questão que o próprio Musk está plenamente ciente, tendo publicado sobre o assunto no mês passado.

Na época, o dono da Tesla procurou ajuda de membros da comunidade de criptomoedas, como o criador do Dogecoin Jackson Palmer, em um esforço para bloquear as solicitações de fraudes de seu feed.

Fonte: CoinDesk

loading...