Geral

O gasto duplo do Bitcoin que jamais aconteceu…

Postado por em 22 de janeiro de 2021 , marcado como ,

O interesse num suposto “gasto duplo” que teria ocorrido na blockchain do Bitcoin cresceu após notícias recentes de que a rede teria processado o mesmo bitcoin (BTC) em duas transações – o próprio cenário de “gasto duplo” que o Bitcoin foi projetado especificamente para prevenir.

O gasto duplo que jamais aconteceu

“As manchetes sobre o suposto gasto duplo ’certamente assustou os investidores, mas é um mal-entendido de como a rede Bitcoin opera. Neste caso, ocorreu uma reorganização da cadeia de um bloco, o que é uma ocorrência bastante comum ”, disse Jason Lau, COO da exchange de criptomoedas OKCoin.

Dito de outra forma, nenhum bitcoin foi “gasto em dobro” porque nenhuma nova moeda foi adicionada ao estoque total de moedas.

Em vez disso, as mesmas moedas da mesma carteira foram registradas em dois blocos diferentes durante uma divisão típica no blockchain do Bitcoin.

Todavia, isso não configura gasto duplo é porque apenas uma dessas transações foi considerada válida pela rede.

Enquanto o saldo em bitcoin na outra transação não pode ser gasto porque a rede não o considera válido.

O que é uma reorganização da blockchain?

Devido à natureza distribuída e altamente competitiva da mineração de Bitcoin, pools de mineração de vez em quando minam o mesmo bloco simultaneamente e, assim, causam uma divisão na história do blockchain.

Todavia, quando isso acontece, ambos os blocos terão os mineradores acrescentando-os até que a cadeia mais longa vença a outra.

Assim, quando a rede identifica a cadeia mais linga, a outra história é extirpada da rede e considerada irrelevante e quaisquer blocos extraídos nela se tornam blocos obsoletos.

Não, um gasto duplo realmente não aconteceu

O suposto gasto duplo se tornou notícia ontem, depois que a BitMex Research relatou anormalidades no bloco 666.833 no Twitter.

A reorganização significava simplesmente que um “bloco obsoleto” (também às vezes chamado de “bloco órfão”) foi extraído.

Esse bloco continha um valor em bitcoin também gasto na cadeia válida do Bitcoin.

Porém, isso não é um problema, uma vez que a transação contendo o mesmo bitcoin foi registrada nas cadeias relevantes e irrelevantes.

Pois, com a vitória posterior da cadeia mais longa a blockchain elimina o problema do gasto duplo.

A importância das 6 confirmações para evitar o gasto duplo

Tecnicamente, o mesmo bitcoin foi gasto duas vezes neste cenário, mas somente até que a cadeia mais longa elimine a amiguidade.

Por sua vez, o analista de dados de rede Coin Metrics, Lucas Nuzzi ,escreveu no Twitter:

“o importante é saber que, sim, pode haver diferentes versões da mesma transação, mas apenas [uma] será finalmente aceita” por nós e usuários da rede Bitcoin.

Ou seja, o tempo conserta o problema o nenhum bitcoin pode ser realmente gasto duas vezes, inflacionando e fraudando a blockchain.

Portanto, não há qualquer provas da alegada fraude.

A acusação de que houve um gasto duplo na rede do Bitcoin não se sustenta.

Essa suspeita pode ser descartada com razão, especialmente considerando que o que ocorreu ontem é realmente comum para o Bitcoin, para não mencionar algo que Satoshi Nakamoto descreve no próprio whitepaper do projeto.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!