Mercado Tecnologia

IOTA e Microsoft juntas pela IoT

Postado por em 30 de novembro de 2017 , marcado como , , , ,

IOTA, Microsoft e outras 20 empresas, incluindo Accenture e Bosch, entraram em parceria para desenvolver uma solução baseada em Blockchain para monetização de dados de IoT.

A chamada Internet das Coisas (IoT, Internet of Things, em inglês) se refere a dispositivos diversos, como eletrodomésticos, câmeras de vigilância e sensores, conectados à Internet. O mercado, estima-se, vai movimentar U$ 267 bilhões de dólares até o ano de 2020.

Com cada vez mais dispositivos ligados a Internet, a quantidade de dados gerados aumentará exponencialmente nos próximos anos. Esses dados possuem um grande valor para empresas, seja para estudos de mercado, criar publicidade relevante ou treinar algoritmos de inteligência artificial.

Hoje, nossos dados são negociados sem qualquer benefício explícito. Empresas como Google, vendem, por exemplo, publicidade a anunciantes baseadas em nosso comportamento, incluindo locais visitados, comportamento de navegação e outros dados coletados a partir de nossos smartphones.

Aqui no Portal Criptoeconomia, já falamos sobre como o Blockchain pode nos devolver o controle dos nossos dados. A proposta da startup alemã IOTA é justamente dar poderes para que usuários comuns possam vender e monetizar seus dados, tudo isso através de um marketplace baseado em seu Blockchain.

“Estamos muito entusiasmados em anunciar o lançamento de nosso marketplace de dados. Isso atuará como um catalisador para um novo paradigma de pesquisa, inteligência artificial e democratização de dados” afirma David Sønstebø, co-fundador do IOTA.

O lançamento do marketplace de dados do IOTA está previsto para janeiro de 2018, quando a empresa fará uma série de posts explicando como as empresas podem se beneficiar da tecnologia.

Sobre o IOTA

O IOTA é um Blockchain diferente das outras redes. Com a moeda homônima, as transações tem custo zero, porque não são necessários mineradores para confirmá-las.

A criptomoeda IOTA, fundada pela IOTA Foundation, se projeta para ser a melhor forma de pagamento de máquina para máquina, tornando seu uso propício para a IoT.

Atualmente, o IOTA circula entre as 10 maiores criptomoedas em capitalização de mercado.