Geral

Integração Visa e Criptomoedas à vista?

Postado por em 15 de outubro de 2020 , marcado como , ,

O anúncio de uma integração entre Visa e Criptomoedas pode representar o início de uma nova era para as moedas digitais descentralizadas.

Em entrevista à Fintech Futures, o CEO da Ternio, Daniel Gouldman, anunciou parceria com a Visa.

Assim, revela-se o interesse da bandeira de cartão de crédito em negócios voltados para o mercado de criptomoedas.

“Isso mostra o compromisso da Visa em integrar outras empresas que desenvolvem criptografia. O que estamos fazendo é o futuro dos bancos”, disse Gouldman.

Dessa forma, a Ternio poderá oferecer o acesso ao saldo de um cliente em criptomoedas e permitir usá-lo como forma de pagamento para os clientes da Visa através do cartão de débito desenvolvido pela empresa, chamado de BlockCard.

A integração conta com as treze principais criptomoedas do mercado.

Todavia, o cartão de débito BlockCard que já era emitido com a bandeira da Visa e deverá ser estendido também às fintechs atualmente apoiadas pelo cartão de crédito em um programa de aceleração.

Integração entre a Visa e criptomoedas

Anunciada nesta última terça-feira (13), a parceria entre a Ternio e a Visa acontecerá através do programa Fast Track, voltado para o desenvolvimento de fintechs no mercado.

Dessa forma, além dos clientes da Ternio que já utilizam o cartão de débito com criptomoedas, o programa permitirá a oferta do produto também para fintechs que fazem parte do Fast Track.

Além disso, a integração entre as empresas reforça o interesse da Visa em apoiar projetos relacionados ao mercado de criptomoedas, como o cartão de débito BlockCard.

A Ternio oferecerá integração com 13 tipos de criptomoedas.

Débito no cartão Visa com saldo em Bitcoin

A Visa apoiará o projeto do cartão de débito voltado para o uso de criptomoedas BlockCard.

Este cartão  permitirá uma integração entre fintechs que fazem parte do programa ‘Fast Track’ com criptomoedas como o Bitcoin.

Dessa maneira, o projeto da empresa Ternio deverá atingir ainda maior visibilidade diante da Visa logo após a integração entre as duas empresas.

Segundo matéria do Cointelegraph, a oferta do acesso e uso de criptomoedas através da Ternio para “clientes fintech” da Visa foi confirmada em entrevista por Terry Angelos.

“O foco e a experiência da Ternio no ecossistema de criptografia ajudarão as empresas ‘Fast Track’ focadas em moedas digitais a acessar de forma rápida e fácil a plataforma da Visa e sua escala”, disse Angelos.

Cartão Litecoin também está à vista!

Além do cartão de débito BlockCard, a plataforma está desenvolvendo um cartão exclusivo chamado “Cartão Litecoin”.

Nesse caso, o cartão de débito oferecerá pagamentos com a altcoin, sendo resultado de parceria entre a Ternio e a Fundação Litecoin.

Portanto, a Ternio, considerada uma empresa cripto de relevância no mercado, oferece através do cartão de débito BlockCard uma integração com 12 criptomoedas diferentes além do Bitcoin, como:

  • Ethereum (ETH)
  • Ripple (XRP)
  • Litecoin (LTC)
  • Bitcoin Cash (BCH)
  • Basic Attention Token (BAT)
  • Dai (DAI)
  • Paxos Standard (PAX)
  • Lúmen Stelar (XLM)
  • Tether (USDT)
  • TrueUSD (TUSD)
  • USDC Coin (USDC)
  • TrueUSD (TUSD)

Dessa forma, estamos diante de movimentos que demonstram o desenvolvimento do mercado cripto em direção à maturidade.

Por isso, podemos esperar que as moedas digitais ainda venham a crescer em usabilidade e exposição às massas.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!