Crypto Trading Bots Obtenha o máximo em trading de criptomoedas com a 3commas
Mining

Hidrelétrica do Quebec sobrecarrega com propostas de mineradoras de criptomoedas

Postado por em 7 de março de 2018 , marcado como , , , , , ,

Cuidado com o que você deseja, pois seu pedido pode se realizar. Após cortejar empresas de mineração de criptomoedas pelo mundo, a maior companhia de eletricidade do Canadá, Hydro-Quebec, não está sabendo administrar os pedidos de fornecimento de eletricidade; criando uma demanda que excede o serviço que realmente pode entregar.

Hydro-Quebec

(Foto: indepthnh.org)

Eric Martel, CEO da empresa com sede em Montreal, recebeu centenas de propostas nas últimas semanas, de acordo com o Bloomberg.

Os empreendimentos exigirão mais de 9 mil megawatts (MW) de energia, o que equivale a ¼ da capacidade total de geração de energia, que é de 37MW.

Só pra ter uma ideia, a Usina de Itaipu gera 14 mil MW o que equivale a 15% do abastecimento da população brasileira, enquanto que 86% é consumido pelo Paraguai.

No mês passado, a companhia relatou que estava em negociação com mais de 30 mineradoras de criptomoedas.

Martel explicou que ele tem se correspondido através do LinkedIn com pessoas da China, Rússia e muitos outros países. Segundo ele, o telefone não para de tocar.

O tiro que saiu pela culatra

Nos últimos meses, a Hydro-Quebec moveu esforços para atrair mineradoras de criptomoedas; uma estratégia que visa aproveitar o excesso de energia no norte do Quebec.

Isso explica porque as taxas de energia da região são as mais baixas da américa do norte, tanto para consumidores, quanto para clientes da indústria.

Com a alta procura, o resultado será a demora de meses para que as solicitações sejam analisadas e, provavelmente, a companhia não poderá atender a todos os pedidos. E, detalhe, não há planos para construir mais usinas hidrelétricas no país.

O CEO comentou que uma das medidas pretende cobrar das mineradoras a mesma taxa que aplica ao setor industrial, cerca de 5 centavos canadenses por quilowatt hora (KW/h). Sua maior preocupação, no entanto, é não comprometer o fornecimento para os residentes e para a indústria local.

Quebec atrai o interesse de outros setores

Além das companhias de criptomoedas, a Hidro-Quebec está procurando ampliar a sua base comercial ao mirar nos centros de dados. A Amazon.com Inc e a Alphabet Inc do Google, por exemplo, possuem centro de dados em Montreal.

Os mais de 40 centros de dados da província usam aproximadamente 350 MW. Até 2020, este número poderia chegar a cerca de 1 mil MW, ponderou Martel.

A província tem terra disponível e sua energia é 99% renovável. Este fato tem o poder de beneficiar a marca de uma empresa, ele observou.

Fonte: CCN

loading...