Negocie Forex CFDs e Criptomoedas no SimpleFX Teste a conta demo gratuita! Alta Alavancagem + Depósitos em Criptomoedas + Afiliação Lucrativa
Casos de uso

FGV oferecerá primeiro mestrado do país voltado para criptomoedas

Postado por em 12 de Abril de 2018 , marcado como , , , , , , , , , ,

Em meio ao crescente interesse relacionado à tecnologias disruptivas com o blockchain e as criptomoedas, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) lançará, no próximo semestre, um mestrado profissional de economia focado em moedas virtuais.

(Foto: FGV)

Considerado o primeiro curso desse tipo do país, a iniciativa tem como objetivo capacitar profissionais para atuar no mercado de Startup ou até mesmo criar sua própria criptomoeda.

Em entrevista para o Estadão, o coordenador do programa, Ricardo Rochman, vê o movimento como um avanço. “Temos fundamentos econômicos e financeiros dentro das criptofinanças que valem a pena ser discutidos, pesquisados e ensinados”.

Michele Araújo, estudante de economia da FGV,  atestou os benefícios de estudar os mercados de uma perspectiva não especulativa. Ela afirmou que “há um ganho conceitual de saber tanto como funciona a aplicação prática quanto saber como pode ser uma alternativa de investimento”.

Estudos sobre criptomoedas: Uma tendência global

No ano passado, a Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA – USP), incorporou criptomoedas à sua unidade de Derivativos. A iniciativa foi orquestrada pelo professor Alan de Genaro, pesquisador do tema.

Para o professor, assuntos como as criptomoedas precisam ser abordados, mesmo que o aluno não utilize a tecnologia no futuro.“As pessoas tem de entender quais fatores são benéficos e quais não são adequados [com relação as criptomoedas]”.

Nas aulas, ele costuma pontuar as diferenças e semelhanças entre o Bitcoin e o dólar, bem como o seu comportamento nas bolsas de valores.

Tanto a USP quanto a FGV seguem a tendência das grandes universidades mundiais.

Conforme noticiado pelo Portal Criptoeconomia, instituições como Stanford, Georgetown e a Universidade da Pensilvânia anunciaram a expansão de ofertas de cursos para criptomoedas e blockchain, a fim de atender a crescente demanda do mercado.

John Jacobs, um antigo executivo da Nasdaq, e agora diretor da Escola de Negócios de Georgetown, comentou que os recrutadores de Wall Street querem candidatos que sejam bem versados em criptomoedas.

“Qualquer programa de envergadura global terá que equipar os estudantes para competir nesse campo”, completou.

Fonte: News.Bitcoin e Estadão

loading...