Casos de uso ICO

Fãs de uma banda chinesa levantam fundos através de ICO em torno de seus ídolos

Postado por em 13 de fevereiro de 2018 , marcado como , , , , , , ,

Fãs auto-proclamados de uma popular banda de garotos na China criaram um Initial Coin Offering (ICO)em torno dos seus ídolos, embora tenha surgido algumas controvérsias quanto a legitimidade do projeto.

(Foto: Handout)

Projeto segue na contramão das proibições de ICO na China

No coração do projeto está a famosa banda The Fightin Boys (ou TFBoys), formada por três adolescentes – Karry Wang, Roy Wang e Jackson Yi – em 2013. Notavelmente, no ano passado, Roy Wang foi destaque no Times como um dos 30 adolescentes mais influentes de 2017.

Em meio à grande popularidade na China, um grupo de fãs acaba de lançar um ICO para angariar fundos, supostamente visando construir um ecossistema de blockchain em torno do trio.

O projeto é notável não apenas porque se configura em uma missão para romper com a dinâmica entre celebridades e fãs, usando a tecnologia blockchain, mas também por ter sido lançado após a China banir oficialmente os ICOs em setembro do ano passado.

Enquanto os organizadores do ICO afirmam em seu site que o projeto exclui residentes da China, ele ainda não barrou fisicamente os computadores com IP local.

De acordo com o site do projeto, o token – chamado TFBC – acabará eventualmente sendo utilizado para comprar álbuns e ingressos para shows, bem como encontros off-line com os ídolos adolescentes. Em último caso, visa facilitar um ecossistema de blockchain em torno da banda, mantido pelos próprios fãs. Até o momento, quase 20 mil pessoas participaram da venda e pelo menos 4,2 milhões de TFBC, que foram vendidos através do Ether.

Com base em uma proporção de 3 mil TFBC para 1 ETH, o projeto pode receber em torno de 1.400 ETH – que vale um pouco mais de US$ 1 milhão, de acordo com a cotação da CoinDesk.

Lançamento de ICO sem aval da banda

O site ainda divulgou que do total de 59.993.157 TFBC emitidos, 60% está reservado para a banda, enquanto que o restante está sendo emitido para os Fãs. No entanto, uma declaração do Time Fengjun Entertainment,a assessoria que responde pela TFBoys – emitida logo após o projeto ganhar visibilidade no dia 10 de fevereiro – tentou distanciar o trio pop da situação.

A agência afirmou que não tem nada a ver com o ICO e alegou que a reivindicação de reservas token para os três integrantes é completamente falsa. A empresa ainda ressaltou que o organizador do ICO está usando o nome da TFBoys para realizar uma atividade ilegal de angariação de fundos.

Em meio as acusações, o projeto emitiu duas declarações no dia 11 de fevereiro, para reiterar que esta é uma iniciativa dos fãs e que não tem conexões com a administração da banda, e que não esta oferecendo serviços aos residentes chieses (embora ainda esteja disponível para os nativos). Os organizadores do projeto afirmaram que o token TFBC reservados para a banda estão temporariamente armazenados em um endereço Ethereum.

Eles também indicam no site do ICO que os 40% do total de TFBC à venda estarão disponíveis para negociação em uma plataforma de trocas que ainda não foi lançada.

De acordo com o site, os ativos de criptomoedas que estarão disponíveis no futuro também irão incluir artistas como Taylor Swift, Justin Bieber, Lady Gaga, asism como outras celebridades populares na China, na Exchange chamada StarCoinEx.

Fonte: CoinDesk

loading...