Casos de uso Mercado

China sinaliza repressão aos esquemas de pirâmide online com criptomoedas

Postado por em 24 de janeiro de 2018 , marcado como ,

O Ministério de Segurança Pública da China e a empresa Estatal de Administração para Indústria e Comércio (SAIC) decidiram trabalhar conjuntamente para reduzir a propagação de esquemas de pirâmide online; dentre eles, alguns casos envolvem o uso de criptomoedas, de acordo com a assessoria de comunicação do ministério.

(Foto: Pixabay)

A notícia acompanha relatórios do Banco da China que tem como objetivo encorajar o governo na proibição do comércio das moedas digitais.

Embora tenha acontecido alguns avanços em relação ao combate de esquema de pirâmide, esse tipo de atividade continua sendo um problema – em particular os esquemas online – causando grandes perdas econômicas para um número massivo de pessoas distorcendo, assim, o sistema de crédito social, pontuou o aviso.

A ação conjunta focará em diferentes tipos de atividades ilícitas disfarçadas de Marketing Multinível – também conhecido pela sigla MMN ou marketing de rede – que é um modelo caracterizado pela distribuição de bens ou serviços no qual os ganhos podem vir da venda efetiva dos produtos ou do recrutamento de novos vendedores.

Diante disso, um grupo de atividades MMN é identificado como “consumidor bonificado”, “fundos mútuos”, “moedas virtuais”, “gerenciamento de investimento” e “jogos online”. Outro tipo de atividade criminal cai sob a aparência de “caridade”, “ajuda aos pobres”, “inovação”, “riqueza média”, e “integração militar civil”.

Há ainda um terceiro tipo de atividade criminal, que envolve a venda de pirâmide online para grupos vulneráveis, como estudantes, pensionistas e deficientes.

Foco nos Ciberataques

Os membros dessas organizações especulativas ajudam na transferência de fundos e, por isso, os órgãos de segurança pretendem estabelecer mecanismos de monitoramento da rede, envolvendo o gerenciamento das telecomunicações assim como das grandes empresas de internet.

Uma outra ação especial conhecida como “net net 2018”, funcionará para prevenir os ataques cibernéticos e promover o registro dos sites e apoiar a inspeção de propagandas.

“Nós iremos conduzir grandes e eficientes inspeções além de trabalhar com grande esforço para ‘limpar’ o ciberespaço, de modo que sejam estabelecidas plataformas e comunidades de rede sem os esquemas de pirâmide”.

Os órgãos de segurança também oferecerão conselhos às organizações governamentais e irão punir os membros e companhias responsáveis por vendas especulativas online. Segundo o aviso, o objetivo é salvaguardar os direitos da população, da economia e da ordem financeira.

Fonte: CCN