Geral

Bitcoin supera a marca dos R$ 250.000

Postado por em 9 de fevereiro de 2021 , marcado como , ,

O preço do Bitcoin supera mais um recorde em 2021 e passa de R$ 250 mil reais.

Desde 01 de janeiro de 2021, a criptomoeda já valorizou mais de R$ 100 mil em valores absolutor.

A nova máxima histórica foi batida quando o Bitcoin ultrapassou os US$ 46 mil.

Todavia, a recente todavia foi impulsionada por Elon Musk, CEO da Tesla que alocou cerca de US$ 1,5 bilhão do patrimônio da empresa em BTC.

Assim, o preço do BTC subiu mais de US$ 6 mil em menos de 24h.

Portanto, a recente alta foi vista por especialistas como o ‘atestado final’ do potencial do Bitcoin como reserva de valor, e como um caminho sem volta para o investimento institucional.

Bitcoin supera todos os recordes – ainda há fôlego para mais?

Entretanto, o Bitcoin não vive apenas das graças de Elon Musk e da Tesla.

O lendário investidor Bill Miller também planeja aumentar sua exposição ao Bitcoin investindo mais de US$ 300 milhões no Grayscale Bitcoin Trust.

Essas e outras compras feitas por grandes investidores, mesmo após a forte alta do Bitcoin, mostram que eles esperam que o movimento de alta continue.

Dessa forma, o Bitcoin se supera a cada dia e mostra que tem fôlego para tentar novas alturas.

Bitcoin chama a atenção do mundo todo

A terceira pessoa mais rica do México, Ricardo Salinas Pliego, adicionou a hashtag Bitcoin à sua biografia do Twitter.

Portanto, o ato de Salinas traz o Bitcoin ao conhecimento de seus 840.000 seguidores, alguns dos quais podem querer imitar o bilionário e comprar alguns Bitcoins.

O bilionário revelou em novembro de 2020 que 10% de sua “carteira líquida” estava investida em Bitcoin.

O mercado de criptomoedas, todavia, ainda tem muito o que crescer.

Muitos desenvolvimentos recentes deram um impulso positivo aos fundamentos do setor das modas digitais.

Especialmente os temores com os desdobramentos futuros da crise econômica na esteira do Covid-19 e com a impressão desenfreada de dinheiro nos países de forma geral.

Até onde vai o preço?

É muito difícil prever até o Bitcoin vai subir.

Porém, segundo o analista Rakesh Updhyay, se os compradores conseguirem elevar o preço acima de  US$ 50 mil, o par BTC/USD pode subir rapidamente para US$ 60.974,43.

Ao contrário dessa suposição, se os vendedores não conseguirem sustentar o rompimento, isso indicará que os comerciantes estão registrando lucros em níveis mais elevados.

Assim, eles devem tentar então puxar o preço para baixo de US$ 38.000.

“Se eles tiverem sucesso, um novo teste das médias móveis é provável. Uma quebra abaixo da média móvel exponencial de 20 dias ($ 36.196) será o primeiro sinal de fraqueza e uma queda abaixo da média móvel simples de 50 dias ($ 33.250) aumentará a probabilidade de uma correção mais profunda”, disse.

Todo o mercado global aguarda as cenas dos próximos capítulos.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!