Geral

Bancos centrais vão morrer! Ou seja, não vão comprar Bitcoin…

Postado por em 12 de fevereiro de 2021 , marcado como , ,

Christine Lagarde, a chefe do Banco Central Europeu (BCE), defende que os bancos centrais de todo o mundo não estarão vão comprar e armazenar Bitcoin.

Em uma teleconferência com o The Economist em 10 de fevereiro, a banqueira mostrou-se totalmente despreocupada quando se trata de criptomoedas descentralizadas.

Comprar Bitcoin está “Fora de questão” para Bancos Centrais

“É muito improvável – eu diria que está fora de questão”, ela respondeu quando perguntada se os bancos centrais iriam comprar Bitcoin e inclui-lo em seus balanços.

Todavia, Lagarde é crítica do Bitcoin há bastante tempo.

Ainda assim, ela defende a impressão de grandes quantidades de dinheiro na tentativa de “solucionar” a crise financeira após um ano de lockdowns impostos pelo governo.

Para os defensores das criptomoedas isso é um atestado de incompetência, amlé de uma receita para o desastre logo depois da esquina.

Todavia, o BCE estaria “fazendo o melhor” para promover o Bitcoin por acidente, diz o autor do best-seller “The Bitcoin Standard”, Saifedean Ammous.

Ammous mencionou um evento do BCE esta semana, que rendeu sinais de que os consumidores em todo o bloco da zona do euro podem precisar lutar com taxas de juros negativas nos próximos anos.

Portanto, essa é a melhor propaganda para o Bitcoin, que pode terminar oferecendo uma alternativa aos investidores europeus.

Eles não querem passar a impressão de estar perdendo o controle

Uma das razões das críticas dos banqueiros centrais ao Bitcoin é que ninguém quer posar como quem está perdendo o controle.

Assim, o desdém ao Bitcoin é natural.

Além disso, porém, a natureza descentralizada das criptomoedas é assustadora para os bancos centrais de uma forma geral.

Por isso, todas as críticas às moedas digitais podem ser uma grande propaganda disfarçada.

“O BCE realmente está fazendo o possível para enfatizar e anunciar a proposta de valor do Bitcoin”, resumiu com ironia Ammous.

Não é a primeira vez que o banco central inadvertidamente anuncia os benefícios de usar uma moeda que não está sob seu controle.

Porém, em geral isso ocorre mais como algo não intencional do que qualquer outra coisa.

O futuro descentralizado é inevitável e, assim, a ideia é que bancos centrais podem, sim, morrer, exatamente por sua postura retrógrada e parasita.

Assim, os entusiastas das moedas digitais descentralizadas apostam que no futuro haverá uma gigantesca economia em torno do Bitcoin e nenhum banco central.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!