Crypto Trading Bots Obtenha o máximo em trading de criptomoedas com a 3commas
Mercado

Atividade de ICO entra em declínio e cai 90% este ano, revela pesquisa

Postado por em 9 de outubro de 2018 , marcado como , , , , ,

Um estudo independente feito pela Autonomous Research descobriu uma queda global de mais de 90% no número de Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) neste ano.

Se em janeiro de 2018 foram arrecadados US$ 2,4 bilhões com a venda de tokens, em agosto e setembro esse montante entrou em declínio, com valores na casa dos US$ 400 milhões e US$ 300 milhões, respectivamente. E, segundo a pesquisa, “a tendência geral é continuar em queda”.

Atividade de ICO entra em declínio e cai 90% este ano, revela pesquisa

(Foto: Pixabay)

Mas qual o motivo?

Segundo a Autonomous Research, há três razões que podem explicar esse fenômeno.

“Primeiro, talvez os investidores tenham declinado da ideia de comprar um token utility para investir em fundos de private equity nas mesmas empresas”, destacou a pesquisa.

O segundo fator para o declínio das atividades de ICO diz respeito ao token security. Muito semelhante ao modelo IPO (Oferta Pública Inicial de Ações), eles possuem muitas características de um valor mobiliário. Ou seja, para muitos investidores se apresentam mais vantajosos.

“Os token security são o novo ICO”, escreveu o consultor de blockchain Michael K. Spencer, acrescentando que os “tokens de segurança são títulos financeiros reais”.

No entanto, a pesquisa enfatiza que apesar do interesse, as ofertas de tokens security não cresceram com força total. Isso porque há os obstáculos regulatórios pelo caminho.

A última razão da queda se refere ao mercado chinês de P2P lending, voltado para o empréstimo de criptomoedas.

O P2P lending é um tipo de financiamento caracterizado pelo uso de plataformas  online que captam e distribuem valores sem a intermediação de instituições financeiras tradicionais.

Hoje, a China se configura como o país que detém o maior mercado do mundo, com empréstimos beirando 1,49 trilhão de Yuans (ou US$ 217,96 bilhões).

E, apesar dos casos de fraudes e das intensas fiscalizações das autoridades, os empréstimos P2P estão cada vez mais populares no país. Ou seja, uma alternativa aos investimentos em ICO, proibidos no país desde o começo desse ano.

Fonte: News.Bitcoin

loading...