Casos de uso

São Francisco sediará o primeiro festival de música impulsionado pela blockchain

Postado por em 2 de agosto de 2018 , marcado como , , , , ,

Os ingressos para o primeiro festival de música, que será impulsionado pela tecnologia blockchain, já estão à venda.

Agendado para esta primavera (outono nos EUA), o Our Music Festival será a primeira experiência de entretenimento musical a processar criptomoedas em um aplicativo de blockchain, em tempo real. Inclusive, o evento contará com sua própria moeda (e alguém tinha dúvida?).

São Francisco sediará o primeiro festival de música e blockchain

(Foto: Pixabay)

O festival, que planeja utilizar a rede do Ethereum, espera, principalmente, que o evento atraia os entusiastas locais.

Com ingressos a partir de US$ 25, os interessados poderão comprar diretamente no site crypto.ourmusicfestival.com com dólar americano ou criptomoedas. Serão aceitos: Bitcoin, Bitcoin Cash, Ether e Litecoin.

Dentre os artistas convidados estão os expoentes da música eletrônica Zedd, Matt+Kim, 3LAU e o ícone do hip-hop Big Sean.

O artista 3LAU, que é apoiado por uma equipe de veteranos da música e do ecossistema das criptomoedas, comentou que já trabalha nesse projeto desde agosto do ano passado.

Segundo ele, o objetivo era construir um caso de uso substancial com criptomoedas, a fim de agilizar o mercado da música e eliminar os intermediários da indústria.

Ao longo da sua carreira musical, ele presenciou cambistas nas ruas, o Craigslist e outros vendedores de ingressos elevarem artificialmente os preços dos tickets para os consumidores, enganando compradores inocentes e espremendo os lucros de músicos e agentes.

Já o Our Music Festival, prevê um canal de compras descentralizada e realizada diretamente ao consumidor – o que torna a economia de ofertas e demanda totalmente transparente aos usuários. Recurso que seria impossíveis sem a tecnologia blockchain, comenta 3LAU.

Das finanças para a música

O artista de 27 anos chegou à fama no início de 2010, colaborando com nomes notáveis como Dash Berlin, Alesso, Afrojack, R3hab e The Chainsmokers. Ele então remixou canções de sucesso das sensações pop Justin Bieber, Ariana Grande, Rihanna e Nicki Minaj.

Como estudante de finanças da Universidade de Washington, em St. Louis, ele desistiu de uma carreira em Wall Street para se dedicar à dance music. Os gêmeos Winklevoss o apresentaram ao Bitcoin na mesma época.

Nos últimos anos, 3LAU fez uma turnê no Eletric Daisy Carnival e estreou em populares casas noturnas e nos circuitos de Las Vegas. Ele também é conhecido por postar sobre criptomoedas nas mídias sociais. Alguns dias atrás, por exemplo, ele publicou a primeira página do White paper de Satoshi Nakamoto no seu Instagram Stories.

Assim como Paris Hilton, 50 Cent, Snoop Dog e, mais recentemente, Kim Kardashian, 3LAU se junta a fileira de celebridades que compartilham o interesse em sistemas financeiros alternativos.

O recente aumento dos adeptos estrelados levou muitos a acreditarem que a adoção em larga escala de pagamentos com criptomoedas está no horizonte. No entanto há um grupo que ainda permanece cético.

Fonte: CoinDesk