Geral

Rodrigo Marques, CEO da Atlas, é encontrado em São Paulo

Postado por em 12 de abril de 2021 , marcado como ,

Rodrigo Marques aparentemente está vivendo em São Paulo.

Notícias preliminares dão conta de que o fundador e CEO da Atlas Quantum está morando em um condomínio de luxo na capital de São Paulo.

Rodrigo Marques estava desaparecido há cerca de 2 anos

Marques é o CEO e principal nome por trás da Atlas, empresa que lesou milhares de investidores no Brasil por meio de um golpe de pirâmide com Bitcoin.

Desde o final de 2019 o empresário havia desaparecido sem dar satisfação aos clientes.

Todavia, desde aquele tempo pouca coisa mudou e praticamente ninguém conseguiu sacar os aportes feitos na empresa.

A maioria dos investidoras da Atlas imaginava que Rodrigo Marques estava fora do Brasil.

O empresário Rocelo Lopes havia, inclusive, organizado uma recompensa para quem encontrasse Rodrigo.

Rodrigo Marques pode ter sido encontrado vivendo em São Paulo

Tudo pode ter mudado nesta segunda-feira (12), já que o empresário aparentemente finalmente foi encontrado.

Os investidores agora estão indo em frente ao endereço para realizar uma manifestação.

Portanto, vídeos estão sendo compartilhados nas redes sociais e em grupos do Whatsapp sobre o fato.

Acusações se multiplicam

Em frente à suposta casa de Marques, os investidores chamam ele de “bandido”, “ladrão”, “pilantra” “golpista” e outros termos.

Assim, o empresário ganhou até mesmo um boneco inflável com roupa de presidiário.

A polícia está no local, mas a manifestação acontece de forma pacífica.

Até o momento o empresário não apareceu para conversar com os manifestantes.

Porém, em algum momento ele deve sair da casa, assim os investidores devem acampar até que isso aconteça, segundo relatos.

“Cadê os nossos bitcoins?”

A pergunta pelo paradeiro dos bitcoins está entalada na garganta de muitos investidores.

Há quem já juntou provas, depoimentos, levou o caso à Justiça e às emissoras de TV.

Todavia, até o momento não havia pista do paradeiro do “empresário”.

Junto com o paradeiro do CEO da Atlas, o paradeiro dos Bitcoins também era incerto.

Entretanto, nesse momento não será fácil recuperar os valores mesmo tendo acesso ao responsável pela empresa.

Infelizmente, há um longo caminho burocrático a percorrer a fim de responsabilizar Rodrigo Marques.

Ele poderá, inclusive, teoricamente, usar os recursos dos clientes prejudicados para se defender das acusações.

Manifestantes afirmam que não praticarão violência contra Rodrigo Marques

Os investidores reforçam que apenas querem receber o dinheiro de volta e que ninguém tem intenção de machucar o empresário.

Entretanto, pelo menos 40 mil brasileiros caíram no golpe da Atlas.

Dessa forma, isso gerou um prejuízo de cerca de R$ 1 bilhão que devastou famílias e prejudicou a imagem do Bitcoin em todo o país.

Existem dezenas de processos judiciais contra a Atlas.

Todavia, alguns desses processos foram ignorados pela empresa que sequer apresentou defesa.

Houve casos até em que o endereço da empresa estava incorreto para efeitos de citação.

Uma miríade de problemas acompanha o desenrolar do caso.

Porém, o fato de Rodrigo Marques estar agora identificado como estando no Brasil pode dar esperança aos prejudicados.

A esperança é que o empresário enfrente condenação cível e crimina e pague o que deve aos investidores de sua plataforma.

Para um guia sobre como investir em Bitcoin com segurança, clique no link!