Tecnologia

PwC Austrália apresenta projeto piloto de blockchain para cadeias de suprimentos

Postado por em 4 de junho de 2018 , marcado como , , , ,

O ramo australiano da PwC está trabalhando em uma nova solução que visa aumentar a eficiência nos sistemas de comércio internacional do país a partir da tecnologia blockchain.

(Foto: Pixabay)

Anunciado na terça-feira passada, a PwC local está colaborando com a Câmara de Comércio e Indústria da Austrália (ACCI) e o Porto de Brisbane para o desenvolvimento de uma nova plataforma que utiliza a tecnologia blockchain para vincular informações da cadeia de suprimentos.

Apelidado de Trade Community System, a solução aborda vários “pontos problemáticos” do setor comercial e incorpora recomendações do “relatório sobre o frete nacional e as propriedades da cadeia de suprimentos”, divulgado pelo governo australiano.

O documento enumera uma série de prioridades de curto a longo prazo destinadas a apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de cadeia de suprimentos para o país, como parte de seu Plano de Infraestrutura de 2016.

Até agora, na fase de prova de conceito, o aplicativo digital Trade Community System está sendo testado em Brisbane com o objetivo final de construir uma “cadeia de suprimentos inovadora de ponta a ponta”, comentou Ben Lannan, sócio da PwC.

“[a plataforma] digitalizará o fluxo de informações comerciais, melhorará a conectividade dos participantes da cadeia de fornecimento, reduzirá o atrito para os negócios e os custos da cadeia de suprimentos, proporcionando ganhos de produtividade sem precedentes para os negócios internacionais da Austrália”.

 Agenda de reformas e modernização

 De acordo com o comunicado, houve crescimento no volume de comércio em toda a Austrália e espera-se que continue.

Atualmente, quase 9 milhões de contêineres são movimentados, por ano, em cinco portos principais, um número que deve aumentar para 15 milhões até 2025.

Roy Cummins, CEO do Porto de Brisbane, comentou: “É o momento certo para a indústria iniciar uma agenda de reforma e modernização que mudará o limite para os negócios internacionais da Austrália”.

Fonte: Coindesk