Mercado

Preço do Bitcoin cai para US$ 7.300 e mercado de criptomoedas é afetado como um todo

Postado por em 24 de maio de 2018 , marcado como , , , ,

O preço do Bitcoin caiu abaixo da marca de US$ 7.300, com o valor do mercado de criptomoedas declinando em mais de US$ 25 bilhões.

(Foto: Pixabay)

Em sua baixa da semana anterior, o valor do mercado de criptomoedas caiu para US$ 327 bilhões, para depois alcançar uma leve recuperação. Hoje, 24 de maio, o mercado de moedas digitais alcançou uma nova baixa mensal e está sendo cotado a US$ 325 bilhões.

Qual a causa da queda do mercado?

Como sempre, uma ampla gama de fatores contribuiu para a recente correção do mercado.

Com abrangência global, é difícil identificar fatores definitivos por trás da queda do mercado. Por isso, segundo especialistas, a explicação pode estar em uma fusão de eventos que ocorreram ao longo do ano.

Eles envolvem desde a venda da casa de câmbio Mt. Gox até as possíveis manipulações em grande escala de traders no mercado de futuros.

Há ainda a falha dos investidores institucionais em atender as expectativas da comunidade e as incertezas regulatórias de vários países.

(Foto: CCN)

Manipulação ilícita

Hoje, a Bloomberg divulgou que o governo dos EUA e o Departamento de Justiça lançaram uma investigação sobre a manipulação ilícita do preço do Bitcoin.

“O Departamento de Justiça abriu uma investigação criminal sobre se os comerciantes estão manipulando o preço do Bitcoin e de outras moedas digitais; aumentando drasticamente o escrutínio norte-americano sobre o mercado que, segundo os críticos, está repletos de má conduta”, ponderou Matt Robinson, da Bloomberg.

Devido à volatilidade anormal no mercado de criptomoedas, é provável que o governo dos EUA suspeitem que os investidores em grande escala manipulem o mercado para impulsionar movimentos maiores, tanto no lado positivo, como no negativo.

Para onde vai o Bitcoin?

Com base na forte tendência de queda do Bitcoin é provável que a mais famosa das criptomoeda caia abaixo de US$ 7 mil e atinja o valor de US$ 6.900 antes de se recuperar.

Outras criptomoedas como a Polymath, Ethos, Storm, Zcash e Waves, que registraram bons ganhos durante abril e maio, caíram de 10 a 20% em relação ao Bitcoin e ao dólar americano.

Embora o Índice de Força Relativa (RSI) do Bitcoin signifique uma zona neutra, é improvável que o preço da moeda se recupera antes de cair para menos de US$ 7 mil.

O Ethereum, em particular, sofreu uma queda acentuada nas últimas 24 horas, também caindo mais de 10% e relação ao dólar americano.

Fonte: CCN