Geral

Por que as pessoas estão gastando tanto dinheiro em NTFs?

Postado por em 8 de September de 2021 , marcado como

Um token não fungível, popularmente chamado de NTF, é uma identificação exclusiva que pode ser atribuída de maneira criptográfica para provar a propriedade de bens digitais.

Essa tecnologia vem sendo bastante utilizada em obras de arte digitais, pois um dos benefícios é a garantia de autenticidade. Diversas obras de arte em formato NTF foram vendidas por milhões de dólares – às vezes até dezenas de milhões de dólares.

No primeiro semestre de 2021, as vendas de NTFs atingiram cerca de $ 2,5 bilhões de dólares – aproximadamente R$ 12,9 bilhões em reais.

No entanto, depois de entender como funcionam os NTFs, você verá que há casos de uso adicionais para essa tecnologia.

NTF: O que é e o que significa?

NTF significa “token não fungível”. De modo geral, um NTF é um ativo digital que vincula a propriedade a itens físicos ou digitais exclusivos, como obras de arte, imóveis, música ou vídeos.

Os NTFs podem ser considerados itens colecionáveis ​​modernos. Eles são comprados e vendidos online e representam uma prova digital de propriedade de qualquer item.

Os NTFs são gravados com segurança no blockchain (a mesma tecnologia por trás das criptomoedas) o que garante que o ativo seja de fato único. No caso dos NFTs, a grande maioria das obras utiliza o blockchain do Ethereum (ETH). O uso dessa tecnologia também dificulta a alteração ou falsificação de NTFs.

Para realmente entender os NTFs, é útil se familiarizar com o conceito econômico de fungibilidade.

Itens fungíveis podem ser trocados uns com os outros com facilidade porque seu valor não está vinculado à sua singularidade. Por exemplo, você pode trocar uma nota de R$ 2 por outra de R$ 2 e ainda terá R$ 2, embora sua nova nota tenha um número de série diferente, simples assim.

Itens não fungíveis não são intercambiáveis, ou seja, são únicos e singulares. Por exemplo, uma obra de arte de um grande artista como o Van Gogh não pode ser trocada por outra, pois é única, não há outra igual. Ainda que existam cópias, as cópias não têm o mesmo valor do original. Este conceito se aplica nos NFTs. Com os NTFs, cada token tem propriedades exclusivas e não vale a mesma quantia que outros tokens semelhantes, sendo único.

Por que as pessoas estão gastando tanto dinheiro em NTFs?

Um NFT da coleção CryptoPunk foi vendido por $ 1,8 milhão de dólares

“Ao criar um NTF, os criadores são capazes de verificar a escassez e a autenticidade de praticamente qualquer coisa digital”, diz Solo Ceesay, co-fundador da Calaxy, um marketplace de NFTs.

“Para compará-lo com a coleção de arte tradicional, existem infinitas cópias da Mona Lisa em circulação, mas há apenas um original. A tecnologia NTF ajuda a atribuir a propriedade da peça original.”

Vale ressaltar que as pessoas ainda podem fazer cópias da imagem, vídeo ou item digital que foi comprado ou vendido em formato em NFT.

Vender NTFs tem sido um negócio lucrativo no mundo da arte. Listamos abaixo alguns exemplos das transações lucrativas que envolveram NFTs:

  • O artista digital Beeple vendeu “Everydays – the First 5000 Days” por $69,3 milhões de dólares em um leilão. Este foi o valor mais alto atingido por uma obra NFT.
  • Um videoclipe de 20 segundos de LeBron James “Cosmic Dunk # 29” foi vendido por $ 208 mil dólares
  • O CEO do Twitter, Jack Dorsey, realizou um leilão de seu primeiro tweet em formato NFT, que foi vendido por $ 2,9 milhões de dólares
  • NFT da coleção CryptoPunk foi vendido por quase $ 2 milhões de dólares

Vale mencionar que o hype dos NTFs de alto preço e as notícias sobre seus valores milionários também estão atraindo golpistas, por isso tenha bastante atenção neste mercado. Os investidores devem ficar atentos pois há pessoas que tentam vender algo dizendo que é um NTF, quando de fato o item não é um NFT. Além disso, há relatos de golpes de pessoas que dizem que têm o direito de vender um NTF de uma obra que não possuem e não criaram. Por isso, todo cuidado é pouco.

Como funcionam os NTFs

Muitos NTFs são criados e armazenados na rede Ethereum, embora outros blockchains (como Flow e Tezos) também sejam utilizados.

Como qualquer pessoa pode revisar a blockchain, a propriedade do NTF pode ser facilmente verificada e rastreada, enquanto a pessoa ou entidade que possui o token pode permanecer anônima, utilizando um pseudônimo.

Diferentes tipos de produtos digitais podem ser transformados em NFTs, como arte, itens em um jogo e fotos ou vídeo de uma transmissão ao vivo.

Enquanto o NTF que transmite a propriedade é adicionado ao blockchain, o tamanho do arquivo do item digital não importa porque ele permanece separado do blockchain.

Dependendo do NFT, os direitos autorais ou de licenciamento podem não vir com a compra. Semelhante a como comprar uma impressão de edição limitada, a mesma não concede necessariamente ao comprador os direitos exclusivos sobre a imagem.

À medida que a tecnologia e o conceito avançam, os NTFs podem ter muitas aplicações potenciais que vão além do mundo da arte.

Por exemplo, uma escola pode emitir um NFT para alunos que obtiveram um diploma e permitir que os empregadores verifiquem facilmente a escolaridade do candidato. Ou um local pode usar NTFs para vender e rastrear ingressos de eventos, potencialmente reduzindo a fraude de revenda. As possibilidades são infinitas e o mercado segue animado com essa tecnologia e suas aplicações.

Qual é a diferença entre NTFs e criptomoedas?

Apesar de utilizarem a mesma tecnologia do blockchain, vale mencionar que NTFs e criptomoedas são ativos diferentes.

Os mercados de NTF também podem exigir que as pessoas comprem NTFs com uma criptomoeda. No entanto, criptomoedas e NTFs são criados e usados ​​para finalidades diferentes.

As criptomoedas têm como objetivo atuar como moedas, armazenando valor ou permitindo que você compre ou venda mercadorias. Esse é o caso, por exemplo, do Bitcoin (BTC), que é a criptomoeda mais famosa. Os tokens de criptomoeda são tokens fungíveis, semelhantes às moedas fiduciárias (“Fiat Currency”), como dólar, euro, reais, iene e muitas outras.

Os NTFs criam tokens únicos que podem mostrar a propriedade e transmitir direitos sobre bens digitais. Embora existam muitas aplicações práticas para os NTFs, hoje em dia eles são utilizados principalmente com arte digital e jogos. Inclusive, um dos jogos mais famosos que incorpora a tecnologia NFT é o Axie Infinity.

Se você está pensando em comprar um NTF como um investimento, saiba que não há garantia de que seu valor aumentará. Enquanto alguns NTFs são vendidos por milhares ou milhões de dólares, outros podem permanecer ou perder o valor.

De qualquer maneira, é inegável que o mercado de NFTs segue movimentando o universo das criptomoedas, com cada vez mais investidores interessados no tema.

Siga o Criptoeconomia nas redes sociais!