Mercado Negócios

Investidor bilionário, Tim Draper, acredita que o “Bitcoin é maior que a Internet”

Postado por em 25 de abril de 2018 , marcado como , , , , , , , , , ,

O bilionário do Vale do Silício e investidor de venture capital, Tim Draper, chama a atenção para as moedas virtuais e acredita que o Bitcoin é o próprio futuro.

Investidor bilionário Tim Draper acredita que o “Bitcoin é maior que a Internet”.

(Foto: linksoftvn)

Draper, fundador da Draper Associates, ficou famoso por seu apoio inicial às sensações tecnológicas como Skype, Tesla e Jobs.com. Mas se você perguntar ao investidor sua posição atual, para ele o Bitcoin supera todas elas.

Durante um painel de discussões no Squared/Manhattan Institute, ele foi questionado sobre como seu projetos nos principais canais tecnológicos se comparam às moedas digitais, ao que ele responder que os criptos seriam “maiores do que todos os seus investimentos combinados”.

“Isso é maior que a internet. É maior que a Idade do Ferro, que o Renascimento. É maior que a Revolução Industrial. Isso impacta o mundo inteiro que será afetado de maneira mais rápida e mais prevalente do que você jamais imaginou”.

Previsões de alta

Draper já havia sido manchete por suas previsões de que o preço do Bitcoin atingirá US$250 mil até 2022 – uma meta de valor que ele repetiu durante a discussão do painel.

Enquanto isso, ele também anulou o argumento de que as criptomoedas não são um método prático de pagamento, apresentando ainda outras previsões:

“Em cinco anos, se você for comprar café com moeda fiduciária todos vão rir de você por não estar usando criptomoedas. Eu acredito que haverá um ponto em que você não desejará mais nenhuma moeda Fiat”, comentou Draper.

Bolha do Bitcoin

Uma das principais questões debatidas pelo painel foi a bolha do Bitcoin, a qual Draper comparou ao surgimento da internet.

“Toda premissa de ‘é uma bolha?’ é ridícula. Nossa última bolha…a bolha da internet…Isso foi uma bolha? Vocês ainda usam a internet. Aquilo não foi uma bolha. Foi uma incrível transformação do nosso mundo”, disse Draper diante da plateia.

Para o tópico de segurança das criptomoedas, Draper dividiu o painel com o co-fundador do Overstock.com e CEO do tZero, Patrick Byrne.

“Isso foi hackeado mais do que qualquer coisa na história, mas nunca foi derrotado. Na última vez que verifiquei, bancos também foram hackeados”, comentou Byrne.

Gillian Tett, editora-chefe do Financial Times dos Estados Unidos, argumentou que pelo menos os bancos têm uma grande quantia de dinheiro para pagar aos clientes, em caso de quebra da segurança.

Em resposta, Draper deu sua última palavra: “Estou muito mais seguro com meus Bitcoin do que com o dinheiro que está no Wells Fargo”.

Fonte: CCN