Mercado

Ilha blockchain: mais uma importante exchange global se estabelece em Malta

Postado por em 16 de agosto de 2018 , marcado como , , , , , , , , , ,

Após a Binance, OKEr e DQR estabelecem seus escritórios em Malta, agora é a vez da ZB.com, maior exchange de criptomoedas do mundo, por volume de negociações diárias, anunciar o lançamento de novas bases na ensolarada “ilha blockchain”, reportou o CCN.

Ilha blockchain: uma das 5 maiores exchanges do mundo transfere sua sede para Malta

(Foto: Pixabay)

A ZB.com, quinta maior troca de criptomoedas do mundo por valor de negociação total, abrirá um escritório em St. Julian, movimentado centro de negociações do país.

A novidade não passou despercebida pelo secretario parlamentar de Economia e Inovação Digital, Silvio Shembri, que comentou sobre o anúncio como um outro passo para que Malta consolide sua posição de liderança no ecossistema das criptomoedas.

Jurisdição amigável

Inicialmente, a empresa começará como uma Exchange de negociações de cripto para cripto mas, eventualmente oferecerá pares de negociações fiat-cripto através de sua nova plataforma baseada na ilha europeia.

A ZB.com é a terceira troca de criptomoedas a se lançar com essa configuração, após a Bianance e a Bitbay.

“Malta talvez seja a nação mais progressista do mundo em DLT, criptografias e fintechs; e estamos muito entusiasmados em fazer parte da ilha blockchain. Estamos confiantes de que poderemos anunciar o início de nossas operações em breve”, ponderou o cofundador da ZB.com, Jimmy Zhao.

Se, por uma lado, a imprensa divulga o receio de vários países em investir em um espaço criptográfico, esse não parece ser o caso de Malta.

A ilha é uma das jurisdições que mais avançam no que se refere a legislação das criptomoedas, com três projetos aguardando votação no parlamento.

No momento, as contas das empresas de criptomoedas estão passando pelo processo de consulta, o que significa que ainda não há uma exchange que, de fato, tenha começado a operar – já que as leis de blockchain só entrarão em vigor a partir do dia 1º de outubro.

Regularmente aparecendo entre as cinco maiores bolsas de criptomoedas, em termos de volume diários de negociações – segundo a CoinMarketCap – a exchange transaciona em média US$ 400 milhões, por dia.