Evento de Blockchain, SP Falta pouco para o Blockspot Conference! Dias 28 e 29 de maio. Garanta sua vaga!
Negócios

Forbes divulga lista dos mais ricos no mundo das criptomoedas

Postado por em 8 de Fevereiro de 2018 , marcado como , , , , , , , ,

No mundo das criptomoedas – lugar onde fortunas podem ser feitas da noite para o dia – os começos sombrios, ao mesmo tempo anarquistas, utópicos e libertadores desenharam os caminhos de um grupo estanho de pioneiros; que vão dos Cyberpunks aos atuais financiadores do Vale do Silício, sem esquecer dos habituais “Hodlers”, jargão de criptografia para os investidores que compram e mantém as moedas digitais.

(Foto: Forbes)

A revista Forbes famosa por suas listas de bilionários, apresentou as pessoas mais ricas no mundo das criptomoedas. Dada a opacidade e hiper-volatilidade deste universo, os números foram estipulados com base em intervalos e não no montante absoluto; que levou em conta as posses estimadas de criptomoedas (com algumas provas fornecidas), lucros pós-impostos de vendas de ativos e investimentos em criptonegócios. As estimativas levaram em conta os preços do dia 19 de janeiro de 2018.

A lista contempla CEOs de grandes companhias, visionários ou “simples programadores que não estavam buscando a atenção do público”, conforme ressaltou Joseph Lubin – fundador da plataforma de Blockchain Ethereum e segundo colocado deste ranking – no Forum Econômico Mundial, em Davos.

Com aproximadamente 8 bilhões, Chris Lars, fundador da empresa de pagamentos Ripple, desponta em primeiro lugar, seguido por Joseph Lubin que detém uma fortuna que varia de $1 a $5 bilhões.

Com 41 anos Changpeng Zhao, CEO da Binance assumiu a terceira posição com valores que vão de $1.1 a $2 bilhões. Aliás, 42 anos é a média dos “criptoafortunados” em contraste aos 67 anos da lista da Forbes dos americanos mais ricos.

De personalidades do Vale do Silício a investidores sul coreanos

A lista conta ainda com os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, 36 anos, um dos primeiros a apostar na moeda, ainda em 2012, e famosos pela disputa judicial contra o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg. Suas fortunas estão avaliadas em torno de $900 milhões e $1.1 bilhão.

Brock Pierce, presidente da Bitcoin Foundation e Michael Novogratz, CEO da Galaxy Digital, figuram com valores entre $700 milhões e $1 bilhão. O último lugar dessa lista, que contou com 19 personalidades, ficou com Song Chi-Hyung, CEO da Dunamu, um dos maiores trades de Bitcoin da Coreia do Sul.

A revista confessa que é quase certo ter esquecido pessoas e admite que algumas estimativas podem ter ficado exageradas. Mas, assim como a primeira lista da Forbes, lançada em 1982, o objetivo é não deixar nas sombras fortunas dessa magnitude.

Para conhecer a lista completa acesse o site da revista Forbes.

loading...