Mining

Fazenda de mineração de Bitcoin sofre ameaça de bomba por conta do ruído

Postado por em 17 de agosto de 2018 , marcado como , , , , , ,

Apesar da boa receptividade da Noruega em relação as criptomoedas, uma instalação de mineração de Bitcoin parece não ser tão bem-vinda aos moradores. A fazenda, localizada em uma parte remota do país, recebeu, no último sábado, ameaças de atentado com bomba, de acordo com o CCN.

Fazenda de mineração de Bitcoin sofre ameaça de bomba por conta do ruído

(Foto: Pixabay)

Tudo começou após a empresa, chamada Kryptovault, que opera nas cidades de Follum, Honefuss e Dale, ser notícia em um jornal local, o que despertou a ira de um morador contrário às fazendas de mineração.

Mesmo com uma regulamentação mais branda e aberta em relação às criptomoedas – motivo pelo qual o país vem atraindo cada vez mais investimentos no setor – houve conflitos com a população desde o momento de instalação da Kryptovault em Honefoss e Dale, segundo Gjermund Hagesaeter, diretor da companhia.

A ameaça, enviada anonimamente, continha a seguinte inscrição:

“Isso é sabotagem. Se vocês estão expandindo as minerações de criptomoedas e enchendo o país com barulho, então você está sabotando a paz. Estou disposto a enviar alguns explosivos”.

 Atenção redobrada

Após o recebimento da ameaça, a polícia foi imediatamente informada e os funcionários da Kryptovault alertados para ficarem em um estado de vigilância enquanto trabalhassem, explicou o diretor.

“A ameaça foi reportada imediatamente à polícia e eles estão levando o assunto bastante a sério. Também questionamos as autoridades se alguma medida adicional precisa ser tomada. [Já que] a instalação em Follum está localizada em uma área cercada e seria muito mais difícil qualquer intruso obter acesso. Mas em Dale é muito mais fácil, por isso advertimos a todos para ficarem mais atentos”. Ressaltou Haegesater.

A recomendação institucional é que, além de ficarem mais atentos, os funcionários devem evacuar as instalações imediatamente, no caso de qualquer atividade anormal observada.

A Kryptovault é uma companhia de mineração em nuvem, que concede espaço e opera computadores que produzem Bitcoin. Atualmente, há cerca de dez funcionário trabalhando na fazenda em Follum.

A investigadora responsável pelo caso, Lisbeth Edvardsen, revelou que a polícia local está apurando o assunto e avaliando se outras medidas preventivas serão necessárias.