Tecnologia

Estado indiano lança o primeiro “Distrito de Blockchain” do país

Postado por em 6 de agosto de 2018 , marcado como , , , , , ,

O governo do Telangana, um estado localizado no sul da Índia, está em parceria com uma grande empresa de TI para estabelecer um distrito exclusivo para startups de blockchain.

(foto: Pixabay)

O Departamento de Tecnologia da Informação, Eletrônica e Comunicação (ITE&C) do Estado de Telangana assinou um memorando com a multinacional de serviços de TI, Tech Mahindra, para estabelecer o que está sendo anunciado como o primeiro distrito de blockchain da Índia.

Conforme relatado pelo jornal Financial Times, O projeto funcionará como uma incubadora de empresas e startups de blockchain nacionais, onde serão desenvolvidas aplicações reais da tecnologia descentralizada.

A sede físicas do “distrito”, apoiada pelo governo, estará situada em Hyderabad, a capital do Estado conhecida por sua agenda de avanços tecnológicos na última década.

“O governo de Telangana orgulha-se de ser o primeiro do seu tipo no [projeto] Blockchain District da Índia”, comentou o ministro de TI do Estado, KT Rama Rao.

O alto funcionário do governo ainda acrescentou que “Com o apoio da Tech Mahindra, almejamos estabelecer uma referência global no fornecimento de soluções e plataformas de tecnologia de ponta em todos os setores”.

Notavelmente, o Estado se comprometeu a fornecer apoio regulatório e político para empresas e startups do setor a fim de promover a integração da tecnologia distribuída internamente e além.

Coincidindo com o lançamento do espaço, o próprio anúncio da Tech Mahindra ainda ressaltou o lançamento de um outro grande projeto de blockchain no distrito. O chamado Eleven01 Protocol.

Reduto das startups de blockchain

O projeto tem como objetivo fornecer uma plataforma compatível com as ideias do governo para startups que construam aplicativos descentralizados “capazes de realizar mais de 10 mil transações por segundo”.

“O protocolo dará força para todo um ecossistema de serviços para startups indianas de blockchain – que vão desde consultorias, incubadoras, centro de excelências (COEs) e fundos de capital de risco”, declarou o diretor da Eleven01 Foundation, Rama Iyer.

“Com isso, as startups de blockchain em um estágio inicial receberão todo tipo de suporte necessário de uma entidade única e coesa”.

Há um ano, Telangana e o Estado vizinho de Andhra Pradesh começaram a desenvolver os primeiros projetos pilotos voltados para a blockchain. E, mais recentemente, funcionários do governo adotaram a tecnologia para trazer mais transparência e mitigar fraudes dentro dos órgãos do governo.

Fonte: CCN

loading...