Tecnologia

Empresa asiática lança smartphone que só pode ser comprado com criptomoedas

Postado por em 24 de outubro de 2018 , marcado como , , , , , , , ,

Navegando na onda das criptomoedas, uma empresa de Taiwan, a HTC, acabou de lançar um smartphone que só pode ser comprado com Bitcoin (BTC) ou Ethereum (ETH).

Nomeado de Exodus 1, o aparelho é integrado à tecnologia blockchain e possui carteira de moedas digitais embutida em um sítio seguro do dispositivo.

(Foto: Pixabay)

Apresentado em uma conferência em Berlim, Alemanha, no dia 22 de outubro, o smartphone será vendido por 0,15 BTC ou 4,78 ETH, em ofertas de acesso antecipado, o que equivale a US$ 960 (ou R$ 3.545 na cotação de hoje).

Segundo a empresa, os primeiros aparelhos estarão disponíveis para o grande público em dezembro.

Criptomoedas protegidas

Phil Chen, “diretor descentralizado” da HTC, disse em um comunicado que o Êxodus 1 surge como um elemento fundamental na internet criptográfica. Acrescentando que:

“Para que ativos digitais e aplicativos descentralizados atinjam seu potencial, acreditamos que o celular precisará ser o principal ponto de distribuição”.

A carteira de criptomoedas apelidada de Zion foi desenvolvida pela HTC diretamente no Exodus 1, e servirá como uma carteira de moeda virtual de hardware.

De acordo com Chen, a carteira roda em um sítio seguro no chip do telefone, separado do sistema operacional Android, protegendo assim, os criptoativos armazenados.

O diretor destacou a importância de manter essa área do telefone separada do Android porque, para ele, o sistema operacional do Google era “fundamentalmente inseguro com um sistema centralizado”, expondo os usuários a ataques de invasores.

“Entenda [o sítio] como um micro OS que roda em paralelo com o Android”, comentou Chen. “É basicamente uma carteira; mas a carteira, o que ela faz é manter a sua chave privada”. Ele completou:

“A razão pela qual você faz um telefone blockchain é para que todos tenham sua própria chave. Tudo começa por aí. Quando você começa a possuir sua própria chave, então você pode começar a deter sua própria identidade digital, você pode começar a possuir seus dados”.

Crença no poder das criptomeodas

O novo smartphone da HTC executará aplicativos descentralizados (dapps). Ele também tem a função de recuperar a chave social que ajuda o usuário a “reaver o acesso de seus fundos por meio de um número seleto de contato confiáveis, caso ele perca a chave privada.”

“Vender o telefone apenas com criptomoeda e ser o primeiro a fazer isso significa que estamos levando a tecnologia diretamente para o público principal e para aqueles que vão querer esse dispositivo — a comunidade blockchain, no caso”, ponderou Chen.

Investimento que, segundo ele, reflete a crença da empresa nas criptomoedas.

O Exodus 1 estará disponível em 34 países, como Estados Unidos, Singapura, Reino Unido e algumas nações europeias. No entanto, ainda não será possível adquirir o aparelho no Brasil ou mesmo na China, que adotou uma abordagem rígida em relação ao Bitcoin.

Além de executar dapps e proteger criptomoedas, o smartphone vem com vários recursos encontrados em celulares tradicionais, como câmeras traseiras dupla e um display Quad HD de seis polegadas.

Fonte: Bitcoin.News