Investimentos

Criptomoedas: 6 prós e contras que todo investidor deve saber

Postado por em 4 de maio de 2018 , marcado como , ,

As criptomoedas estão na moda e para muitos é o símbolo de uma nova revolução financeira. Com isso, pessoas de todo o mundo estão investindo nesses tokens digitais esperando potenciais retornos, mas que também estão envoltos em riscos e volatilidade.

O que saber antes de investir em criptomoedas

(Foto: Pixabay)

Na lista abaixo você vai conferir 6 pontos fortes e fracos das criptomoedas e ter maior segurança para investir nesses ativos digitais.

Nº 1 (ponto forte): Retornos potenciais e massivos

Todos os dias ouvimos histórias de pessoas ganhando milhares, e até mesmo milhões, com criptomoedas. Colocando em perspectiva, se você investisse mil dólares em Bitcoin no ano de 2013, esse montante valeria mais de 400 mil dólares, atualmente. Algumas altcoins cresceram tanto que tiveram um aumento de 100%.

Nº 2 (ponto fraco): Equipes inexperientes

As criptomoedas são relativamente novas e, por isso, há muita equipe com pouca experiência ainda tateando as funcionalidades dessa tecnologia. Se o time envolvido no projeto não for gerenciado corretamente, todo o sistema pode desmoronar. Uma pesquisa rápida no LinkedIn, por exemplo, pode mostrar muito em relação a experiência da equipe.

Nº 3 (ponto forte): Liquidez

Investir em criptomoedas significa comprar e vender na hora que quiser. Os mercados funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana. As compras e vendas são geralmente instantâneas para que você possa reagir rapidamente quando houver uma flutuação no mercado.

Nº 4 (ponto fraco): Dificuldades técnicas

Diferente de outros investimentos que você consegue igualar a algo físico, é impossível segurar um Bitcoin nas mãos. E como esses recursos são totalmente digitais, você está frequentemente sujeito a dificuldades técnicas. É comum depósitos e retiradas serem desativados quando a rede está congestionada. Se você quiser vender ou mover suas moedas neste momento, ficará à mercê das exchanges.

Nº 5 (ponto forte): Transparência

A maiorias das criptomoedas são transparentes em seus empreendimentos. Elas fornecem amplos detalhes através do White Paper (Um documento que explica todo o projeto e a tecnologia), no qual geralmente está incluído um roteiro, membros da equipe e seu código – disponível para inspeções públicas.

Nº 6 (ponto fraco): Segurança

A falta de regulamentação das criptomoedas na maioria dos países não garante qualquer respaldo do governo aos usuários. Dessa forma, se as exchanges forem hackeadas e tiverem milhões de tokens digitais roubados isso pode significar prejuízo ao investidor.