Casos de uso Tecnologia

Copa do Mundo: Jogo de blockchain premiará torcedores que acertarem os resultados do mundial

Postado por em 26 de junho de 2018 , marcado como , , , , , , ,

A Copa do Mundo está a todo vapor, com bilhões de pessoas se reunindo para torcer por suas nações. No maior evento futebolístico do planeta, uma gigantesca indústria de apostas se destaca. Nesse contexto, surgiu o CryptoCup, um jogo de blockchain criado especialmente para o mundial, que permite aos torcedores fazerem previsões ousadas e ganharem prêmios de criptomoedas baseados no Ethereum.

Copa do mundo: Jogo de blockchain premiará torcedores que acertarem os resultados do mundial

(Foto: Pixabay)

A plataforma é um dos primeiros DApps (aplicativo descentralizado) que permite aos usuários criarem seus próprios tokens ERC 721 para representar as equipes que eles acreditam que ganharão os torneios da Copa.

Segundo as regras, os jogadores poderiam construir seus tokens, ou bilhetes de ouro, até o dia 14 de junho, fazendo previsões para os jogos que acontecem no torneio desse ano.

Após o encerramento das apostas, os usuários passaram a negociar tokens entre si.

“A Copa do Mundo é o maior evento esportivo do planeta. Mais de 3 bilhões de pessoas, quase metade do mundo, sintonizam nos jogos. Eu participei de duas delas”, comentou Federico Goldberg, CEO e cofundador da CryptoCup.

“Queríamos combinar essa popularidade com a tecnologia blockchain para construir algo diferente de um ICO ou colecionável”.

Apostas transparentes

Goldberg, que foi um dos vencedores recentes da disputa ETHBuenosAires Ethereum, viu a necessidade de criar uma plataforma de jogos descentralizado para o mundial da FIFA desse ano, em parte como uma solução para combater a corrupção associada à competição esportiva.

Isso porque o CryptoCup opera a partir de um contrato inteligente, tornando o jogo completamente transparente e inalterável. Os registros são armazenados no blockchain público e descentralizado, o que significa que os jogadores têm plena posse de seus tokens e as transações são facilmente rastreáveis.

Além disso, os tokens do CryptoCup são ERC 721, ou seja, cada um é único e não pode ser replicado.

Gerados através do blockchain do Ethereum, os tokens são usados para representar as previsões de apostas de um jogador, embora não seja considerado uma moeda.

Como resultado, os tokens ganhos pelos usuários possuem um certo valor entre as plataformas de negociação de criptomoedas, com base no preço do Ethereum.

“A descentralização é uma ótima maneira de esclarecer grande parte da corrupção que vem com o jogo esportivo. Criamos um projeto de apostas justo, honesto e transparente”, ponderou o engenheiro da CryptoVup, Martin Nagelberg.

O conceito também será fácil de escalar para outros eventos esportivos, como a Champion League UEFA.

“A plataforma da Copa do Mundo é emocionante, pois crescemos amando o esporte e o torneio, mas também é apenas a ponta do Iceberg”.

O valor da premiação é determinado pelo número de jogadores que fizeram suas apostas(para cada transação entre os usuários é cobrada uma taxa de 5%, que também vai para o prêmio final), juntamente com o valor atual do Ethereum.

No início da disputa, o prêmio do CryptoCup estava avaliado em 28 ETH (Ethereum), o correspondente a certa de US$ 17 mil. Esse valor deve aumentar exponencialmente até o fim do torneio. Que nossa senhora das criptomoedas traga sorte aos jogadores.

Fonte: Forbes