Mercado

A classe média americana acredita no Bitcoin

Postado por em 31 de agosto de 2017 , marcado como

A classe média americana definitivamente acredita no Bitcoin. Em um estudo recente e inédito da Universidade de Cambridge, os EUA foram apurados como o quarto país no mundo que mais utiliza Bitcoin para pagamentos e transações internacionais, além de estar presente frequentemente na mídia. Essa popularidade da moeda eletrônica no país fez com que várias famílias da classe média começassem a acreditar nela como uma forma de investimento – o que, por enquanto, não tem decepcionado.

Para se ter uma ideia, por lá, existem mais buscas por Bitcoin do que Beyoncé. Um sinal claro de que a moeda foi para o mainstream e não é só mais uma coisa de nerds, como foi no passado. A NBC, popular rede americana de notícias, fez uma reportagem com várias pessoas comuns exibindo casos de sucesso e suas impressões sobre a moeda, como um trabalhador dizendo que é “como comprar a Apple quando cada ação valia 10 centavos”.

Aposentadoria

Para além da especulação, a BitcoinIRA administra fundos de previdência baseadas em Bitcoin e outras criptomoedas. Fundada em maio de 2016, a empresa tem crescido de forma exponencial desde então, especialmente em 2017.

Um dos seus diretores, Chris Kline, disse em uma entrevista a NBC que no começo, a entrada de capital novo no fundo era de 1 milhão de dólares por mês. Nos últimos seis meses, a cada dia, são depositadas a mesma quantia. Muitos país e mães de família enxergam as criptomoedas como uma forma deflacionária e segura de garantir seu próprio futuro, segundo Kline.

Facilidade de compra

A moeda americana está presente na maioria das casas de câmbio de Bitcoin ao redor do mundo. Serviços como o BitPay, onde é possível criar cartões magnéticos que usam o saldo na moeda, tornam seu uso acessível a qualquer estabelecimento que aceite cartões de crédito.

O que esperar?

Segundo o Gordon Scott, um analista de mercado, “bitcoin pode ser considerado a melhor oportunidade de investimento desde as ações de empresas de Internet como a Amazon”. Investidores de todos os tamanhos tem ouvido falar no potencial da moeda eletrônica em meios especializados já há algum tempo, mas agora ela tem tomado a cena em veículos de comunicação populares, como a NBC.

Ao que tudo indica, 2017 ficará marcado como ascensão das criptomoedas ao público em geral. E você, acredita no Bitcoin como uma forma de segura de investimento?