Investimentos Negócios

Chile utilizará tecnologia blockchain para rastrear dados de energia

Postado por em 9 de abril de 2018 , marcado como , ,

O Chile usará o blockchain do Ethereum para registrar as estatísticas do setor de energia, anunciou o governo na última semana.

Setor de energia do Chile investe no blockchain

(Foto: Pixabay)

A Comissão Nacional de Energia, que faz parte do Ministério da Energia do país, informou, por meio de um comunicado, o futuro envio de dados para o livro-razão do Ethereum, a fim de “aumentar os níveis de segurança, integridade, rastreabilidade e confiança nas informações disponíveis ao público”.

A comissão está preocupada com o hackeamento e manipulação do seu banco de dados. A utilização do blockchain Ethereum representa um método alternativo para o armazenamento de dados, uma vez que a distribuição de registros entre um grande número de nós ajuda a aliviar essa preocupação.

A comissão já começou a enviar alguns dados ao blockchain, incluindo informações sobre a capacidade de geração de eletricidade, preços médio do mercado, custos marginais, valor do hidrocarboneto e cumprimento da lei que exige que fontes renováveis representem uma parcela da geração de eletricidade.

Após essa primeira etapa do projeto, conhecida como “Energia Aberta”, a comissão estudará os resultados e os compartilhará com outras empresas e órgãos governamentais do setor.

Blockchain: A tecnologia mais disruptiva da década

Susana Jimenez, Ministra de Energia do Chile, revelou o interesse em tornar o blockchain usual no cotidiano da população.

“Estamos interessados em levar essa tecnologia de um nível conceitual para um caso concreto, entendendo que ela é considerada, por especialistas mundiais, a tecnologia mais disruptiva da última década; e que ela faça parte do dia-a-dia [das pessoas] nos próximos anos.

A decisão da comissão de utilizar a tecnologia aberta do blockchain como o Ethereum, em oposição a chamada rede de permissões, é notável. O comunicado explicou que “ter milhares de servidores” autenticando os dados é mais confiável e difícil de alterar.

Fonte: CoinDesk