ICO

Cambridge Analytica planejava lançar ICO antes da polêmica com o Facebook

Postado por em 18 de abril de 2018 , marcado como , , , , , ,

A Cambridge Analytica planejava arrecadar dinheiro através de uma Oferta Inicial de Moedas (ICO) antes de se envolver em um escândalo sobre o uso indevido de informações pessoais dos usuários do Facebook.

Antes de polêmica com o Facebook, Cambridge Analytica Planejava lançar sua própia ICO

(Foto: Pixabay)

De acordo com uma divulgação da Reuters citando fontes anônimas, a Cabridge Analytica esperava a arrecadação de aproximadamente US$ 30 milhões através do lançamento de sua própria criptomoeda, e procurou uma empresa de consultoria para estruturar a ICO.

Embora no momento não esteja confirmado se a Cambridge Analytica prosseguirá com tais planos, um porta-voz da empresa – que não comentou sobre a oferta de moeda – revelou o interesse no uso da tecnologia blockchain.

Segundo ele, o objetivo é justamente ajudar as pessoas a protegerem seus dados online.

“Antes da controvérsia, estávamos desenvolvendo um conjunto de tecnologias para ajudar os indivíduos a reivindicarem seus dados pessoas de entidades corporativas e ter total transparência e controle das informações que são usadas”, revelou o porta-voz, em um e-mail ao Reuters.

E completa, “Estávamos explorando várias opções para as pessoas gerenciarem e monetizarem seus dados pessoais, incluindo a tecnologia blockchain”.

Recuo

A Cambridge Analytica, que trabalhou na campanha do presidente dos EUA, Donald Trump, em 2016, tem estado sob intenso escrutínio desde o mês passado, após o New York Times e o Obsever relatarem o acesso indevido aos dados pessoais de milhões de usuários do Facebook.

A rede social afirmou, no começo desse mês, que as informações de mais de 87 milhões de pessoas podem ter sido afetadas.

Uma Oferta Inicial de Moedas teria feito da Cambridge Analytics uma das centenas de empresas dispostas a levantar capital, à medida em que as criptomoedas se tornam mais usuais.

Só este ano, as companhias espalhadas pelo mundo já captaram mais de US$ 3,5 bilhões através de ICO, segundo a empresa de pesquisa Autonomous.

As captações através das ofertas têm se tornado cada vez mais populares entre os investidores, já que são capazes de negociar os tokens em exchanges online, geralmente com fins lucrativos.

Fonte: Reuters

loading...