Mercado

Bithumb anuncia lançamento de exchange descentralizada de criptomoedas

Postado por em 4 de outubro de 2018 , marcado como , , , , , ,

Seguindo os passos da Binance, maior troca de criptomoedas do mundo, a plataforma de negociações coreana Bithumb é a mais nova empresa do ramo a anunciar o lançamento de uma exchange descentralizada.

Bithumb anuncia lançamento de exchange descentralizada de criptomoedas

(Foto: cryptonewmedia)

Nomeada de Bithumb DEX, a troca terá como alvo o mercado de criptomoedas e será lançada sob uma subsidiária fora da Coreia do Sul.

Atualmente a DEX  está sendo desenvolvida com o auxílio da One Root Network (RNT), que tem implementado sistemas de exchanges descentralizadas desde o início de 2018.

E, conforme um fonte revelou às publicações locais, a bolsa estabeleceu um plano de médio prazo para implementar totalmente uma troca descentralizada nos próximos meses.

Disputa de gigantes

As trocas de criptomoedas incluindo Bithumb e Binance, geram enormes margens de lucro a partir das taxas de negociações. E toda vez que um usuário inicia uma negociação, uma taxa deve ser paga à bolsa para processar o pedido.

Em uma troca descentralizada, no entanto, um prestador de serviços terceirizado ou um mediador não pode existir, já que limita o envolvimento de uma parte central no processamento de ordens e negociações de criptomoedas.

Nesse caso, o que incentiva os desenvolvedores é a codificação de taxas de transações recorrentes, a partir de contratos inteligentes, de modo que esse mecanismo fornece um caminho sustentável para o negócio.

A ideia é exaltada por entusiastas como Changpeng Zhao, CEO da Binance, que declarou acreditar profundamente que as trocas descentralizadas são o futuro do mercado de moedas digitais.

“Acredito que a exchange descentralizada é o futuro. Eu não sei quando esse futuro virá ainda. Eu acho que estamos em um estágio inicial para isso, então eu não sei se é um ano, dois anos, três ano ou cinco. Eu não sei, mas temos que estar prontos pra isso”, disse ele.

Com base na estratégia da Bithumb de proteger usuários internacionais por meio de uma troca descentralizada, fica bastante evidente que o principal concorrente da exchange coreana será a Binance, que já domina o mercado.

Fonte: CCN