Tecnologia

Bill Gates afirma que criptomoedas vêm causando mortes

Postado por em 28 de fevereiro de 2018 , marcado como , , , , , ,

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, criticou o anonimato proposto pelas criptomoedas como o Bitcoin; afirmando que o dinheiro digital provoca mortes.

(Foto: Reuters)

O segundo homem mais rico do mundo participou da sessão Reddit “Ask Me Anything” na última terça feira, momento em que foi questionado dobre suas impressões a respeito das criptomoedas.

A tecnologia aumentou em popularidade ao longo do ano passado, enquanto o preço do Bitcoin alcançou quase a marca dos 20 mil dólares.

Como é de conhecimento da maioria, parte do apelo desse dinheiro digital é o anonimato que ele concede aos seus usuários. Ele usa tecnologia descentralizada para pagamentos seguros e armazena dinheiro sem a necessidade de um banco intermediário ou identificação de nomes.

Mas enquanto esse recurso é louvado por alguns, Gates afirmou não ser “uma coisa boa”.

Segundo ele, “A habilidade dos governos rastrearem a lavagem de dinheiro, evasão de divisas e o financiamento do terrorismo é uma coisa boa”. Mas ele também pontuou que as criptomoedas podem ser facilmente utilizadas para comprar drogas online e que “cousou a morte de maneiras bastante diretas”.

“Neste momento, as criptomoedas estão sendo usadas para comprar Fentanil e outras drogas, por isso é uma tecnologia excepcional mas que causa a morte diretamente. Eu acredito que a onda especulativa em torno dos ICOs e das criptomoedas é um grande risco para aqueles que forem muito longe”, ele pontuou.

No entanto, um usuário do Reddit também alertou para a compra de drogas com dinheiro regular. “Sim”, concordou Bill Gates, “mas você precisa estar fisicamente presente para transferi-lo. O que torna esse tipo de transação, como sequestrar pagamentos, mais difícil”.

Mudança de opinião

A crítica contrasta com seu elogio em 2014, quando ele destacou que o Bitcoin era “melhor que moeda”, e que “é emocionante porque mostra como as transações podem ser baratas”.

Bill Gates também elogiou a tecnologia por trás da criptomoeda. Durante uma entrevista no BackChannel em 2015, ele afirmou que as pessoas precisavam “dconstruir a revolução do Bitcoin, mas que a moeda sozinha não seria o suficiente”.

E, como um sinal dos benefícios que ele vê nesse campo, a Fundação Bill e Melinda Gates estabeleceu parceria com a empresa de criptomoedas Ripple, em outubro, na tentativa de ajudar aqueles em todo o mundo que não têm acesso aos bancos.

O Ripple tem cada vez mais expandido sua popularidade e vem se aproximando da liderança de mercado do Bitcoin.

Fonte: Telegraph