Trading fácil de criptomoedas Conheça o Tradee, a ferramenta com sinais de trading lucrativos em diversas exchanges. Analistas profissionais ao seu trabalho.
Casos de uso

As palavras Criptomoedas, ICO e blockchain agora fazem parte do dicionário

Postado por em 12 de março de 2018 , marcado como , , , , ,

Merriam-Webster, o prestigiado dicionário norte-americano fundado em 1831, e hoje propriedade da, ainda mais influente, Enciclopédia Britânica, contém agora as palavras “criptomoedas”, “ICO” e “blockchain”.

criptomoeda blockchain e ICO no Dicionário

(Foto: Pixabay)

A publicação anunciou que expandiu sua cobertura ao dinâmico ecossistema virtual quando adicionou 850 termos de diferentes campos, que recentemente se tornaram expressões do inglês moderno.

Uma delas é “mansplain”, expressão ainda recente no Brasil que significa basicamente o ato de um homem explicar para uma mulher algo que ela já sabe e de uma forma completamente desmerecedora.

Um outro termo incorporado foi “life hack”, que podem ser traduzidos como truques de produtividade que facilitam a vida.

O anúncio do Merriam-Webster explica que “a atuação, as vezes, impactante das negociações financeiras digitais abre uma janela para assuntos que exigem explicações para muitos de nós”. É o caso do blockchain e das ICOs.

Criptomoeda é anterior ao Bitcoin?

O dicionário agora define as criptomoedas como “qualquer forma de moeda que apenas existe digitalmente, que geralmente não possui autoridade central de emissão ou regulação, mas utiliza um sistema descentralizado para registrar transações e gerenciar a emissão de novas unidades; e que depende da criptografia para prevenir transações fraudulentas”.

O primeiro uso conhecido da palavra é datado de 1990, o que significa 18 anos antes da citação da palavra “Bitcoin”, pela primeira vez.

Blockchain é definido como “banco de dado digital que contém informações (como registros de transações financeiras) que podem ser utilizados e compartilhados simultaneamente dentro de uma vasta rede descentralizada e acessível ao público”. O primeiro uso conhecido da palavra é de 2011.

O ICO é simplesmente “uma oferta inicial de uma criptomoeda para o público. Já esta palavra se tornou conhecida a partir de 2014.

Não há dúvidas de que as criptomoedas e o universo que a circunda estão cada vez mais integrados à nossa vida cotidiana; com certeza, elas vieram pra ficar.

Fonte: News.Bitcoin

loading...