Mercado

Volume de negociação de criptomoedas terá crescimento de 50% em 2019, revela pesquisa

Postado por em 26 de setembro de 2018 , marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mesmo apresentando quedas recordes neste ano, o setor de criptomoedas deverá registrar um crescimento de dois dígitos nos volumes de negociações em 2019, foi o que revelou uma pesquisa do Satis Group.

Volume de negociação de criptomoedas terá crescimento de 50% em 2019, revela pesquisa

(Foto: Pixabay)

Segundo o documento, a tendência mostra que o volume de transações de criptomoedas deve atingir 10% do volume de negociações nos Estados Unidos, considerado o maior mercado de ações do mundo.

Traduzindo em números, o volume de ações dos EUA é de US$ 74 trilhões, enquanto que o de criptomoedas gira em torno de US$ 7,3 trilhões.

Reinado do Bitcoin

A supremacia do Bitcoin também  continuará, segundo a pesquisa. Atualmente, a mais famosa das criptomoedas abocanha 33% do volume de ativos digitais comercializados em todo o mundo, seguido pelo Tether (22%) e Ethereum (12%).

Quanto as moeda fiduciárias, o dólar americano possui a maior participação do mercado, com dois dígitos percentuais de 48%; enquanto que o iene japonês é o segundo, com 27%.

O euro e o won sul-coreano desfrutam de uma participação percentual de mercado de um dígito: 9% e 7%, respectivamente.

Com o crescimento esperado no volume de criptomoedas, as taxas de negociações das trocas também aumentarão naturalmente. De um total de US$ 2,1 bilhões arrecadado nas transações das exchanges no ano passado, espera-se que o montante suba para mais de US$ 3 bilhões em 2018. Apesar das condições pessimistas que persistem neste ano.

“Assumindo taxas combinadas com base no volume das 20 maiores bolsas por tamanho, estimamos mais de US$ 2,1 bilhões em taxas de negociações coletadas no ano passado em bolsas globais. Acreditamos que esse número cresça para mais de US$ 3 bilhões em 2018”, escreveu Sherwin Dowlat, principal pesquisador do relatório.

Disputa de cachorro grande

No entanto, o crescimento nas taxas de negociações será distribuído em favor das maiores exchanges já estabelecidas.

De acordo com o relatório da Statis, mais de três quartos do volume total de negociações no mercado de criptomoedas vai para as 20 principais bolsas.

Na categoria dos 20 primeiros classificados figuram trocas como a Binance, Bitfinex, Bithumb, Bitmex, Coinbase Pro, HitBTC, Huobi e OKex. No que se refere a participação de mercado, a Binance desfruta de aproximadamente 14% do volume de negócios, enquanto que a OKex obtém 12% e a Huobi 9%.

Ou seja, apesar das grandes oscilações, a pesquisa sugere que o entusiasmo dos traders nessa classe de ativos emergentes não diminuiu.

Fonte: CCN