Mining

Unicef solicita que os jogadores de computador minerem criptomoedas para as crianças da Síria

Postado por em 5 de fevereiro de 2018 , marcado como , , , ,

A invenção da criptomoeda é uma revolução nas finanças modernas, mas também tem implicações de longo alcance em muitos outros campos. Por exemplo, uma nova iniciativa da Unicef aproveita o poder da mineração para criar uma nova forma de filantropia.

(Foto: Unicef)

Minerando para a caridade

No dia 2 de fevereiro, o United Nation Children’s Fund (Unicef) lançou um novo programa de angariação de fundos que visa ajudar no financiamento às necessidade das crianças sírias.

Denominada Gamer Chaingers, a proposta pretende arrecadar fundos através da mineração de criptomoedas e sem recorrer a doação monetárias.

As pessoas que desejam participar do inovador programa da Unicef podem visitar seu site, baixar o software de mineração e ler as instruções simples sobre como opera-lo. De acordo com as estatísticas exibidas no site, o programa já conta com 249 mineradores inscritos.

O portal da Unicef explica para aqueles pouco familiarizados com a tecnologia que “hoje as soluções humanitárias muitas vezes se baseiam em métodos já conhecidos, mas as criptomoedas e sua abordagem revolucionária são uma oportunidade para levantar fundos de uma forma diferente. Você já ouviu falar de Bitcoin? O Ethereum é muito parecido, exceto que você pode minerar mais facilmente a moeda digital através do seu computador e o dinheiro irá diretamente para a carteira virtual da Unicef”.

Por que jogadores?

Os jogadores de computador não são exatamente o foco habitual das instituições de caridade para arrecadar doações, mas agora eles se tornaram um recurso valioso graças invenção da mineração de criptomoedas.

As placas gráficas poderosas podem ser utilizadas para renderizar jogos mais rapidamente e com alta resolução, mas eles também podem ser usados para gerar criptomoedas.

Enquanto os mineradores GPU têm seus sistemas rodando sem qualquer tempo de inatividade, os jogadores precisam comer, estudar e dormir, o que gera bastante ciclo extra para contribuir.

A Unicef espera que eles estejam dispostos a emprestar suas potentes plataformas de jogos (e os custos de eletricidade associados aos seu funcionamento) durante os tempos de baixa atividade e, portanto, possam apoiar instituições de caridade sem precisar fazer uma única transferência de dinheiro.

Fonte: News.Bitcoin