Geral

Ratinho pode ser investigado em caso GBB

Postado por em 12 de julho de 2021 , marcado como , , , ,

Ratinho, o famoso apresentador de TV e pai do Governador do Estado do Paraná pode estar entre investigados em caso GBB.

Ratinho está entre clientes e promotores do GBB

Segundo revelou a Folha de São Paulo, os clientes do Grupo Bitcoin Banco, GBB, também serão alvo de investigações da Polícia Federal.

Entre os possíveis investigados supostamente temos o nome de Ratinho, o apresentador do SBT.

Ratinho foi cliente e ajudou o promover o GBB e a BWA, pirâmides financeiras interligadas.

Segundo a publicação da Folha, quando a PF estava investigando o GBB, um relatório produzido pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) revelou milhares de transações suspeitas de pessoas físicas e jurídicas nas contas da empresa.

A mesma dinâmica ocorreu no caso da Unick Forex.

No caso da pirâmide financeira gaúcha, investidores também terminaram sendo alvo das investigações.

Ratinho pode estar entre investigados

Ratinho participou de eventos do GBB e emprestou sua credibilidade ao grupo.

Além disso, o apresentador teria participado de negociações junto com o GBB e a BWA na aquisição da rádio “Estadão FM”.

A ligação entre Ratinho e a BWA foi alvo de uma acusação que integra o Processo 1001014-67.2020.8.26.0562 na Justiça.

Dessa forma, nessa ação o autor da ação acusa Paulo Bilibio e outros sócios da BWA de terem usado recursos dos clientes e, junto com Carlos Massa, comprado a “Estadão FM” que hoje se chama “Massa FM”.

Todavia, a acusação não traz nenhuma prova da ligação dos donos da BWA com o apresentador.

Ratinho anunciou a compra da Estadão FM, 92,9 MHz em junho de 2019, antes do apresentador a emissora pertencia à igreja Comunidade Cristã Paz e Vida.

O valor pago pela emissora, segundo informações, foi de cerca de R$ 50 milhões.

“Estou bastante feliz. Era um sonho de muito tempo ter uma rádio em São Paulo”. disse o apresentador à época.

Embora não seja clara a ligação entre Ratinho, BWA e GBB, em 2019 o apresentador participou de um jantar com o controlador do GBB, Claudio Oliveira.

Na foto do jantar, divulgada acima na época pelo apresentador Amaury Junior, também é possível identificar o empresário Paulo Bilibio, que é apontado como o dono da BWA.

O Jantar ocorreu em maio de 2019, um mês antes do anúncio da compra da estação de rádio.

Paulo Bilibio e a BWA estão entre os principais credores do Grupo Bitcoin Banco segundo dados divulgados pelo próprio GBB.

Além da participação no jantar, Ratinho também participou de evento do GBB em São Paulo.

Rádio Massa FM

Fotos da inauguração da “Rádio Massa FM” também trazer empresários da BWA entre os convidados de honra no evento, ao lado do apresentador Carlos Massa, o Ratinho.

Além disso, no evento também havia, segundo as imagens, um suposto banner no qual a BWA afirmava ter alguma ligação com a Rádio.

“Agora a BWA também é MassaFM”.

Sócios da BWA, inclusive o suposto dono da empresa, Paulo Bilibio, durante o anúncio oficial da aquisição da estão de rádio.

A reportagem original veio do site Cointelegraph. Procurado, Ratinho não comentou a matéria até o momento.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique no link!