Mercado

Litecoin é a segunda moeda mais popular na deep web

Postado por em 16 de fevereiro de 2018 , marcado como , , , , , , ,

O Litecoin, de acordo com um relatório publicado pelo Recorded Future, é agora a segunda criptomoeda mais popular da deep web. O relatório fez uma análise a partir da comunicação digital disponível para usuários na internet alternativa e descobriu que quase 30% dos vendedores aceitam Litecoin.

(Foto: Pixabay)

Descobertas do relatório

Enquanto o Bitcoin continua a reinar supremo, a Record Future realizou uma análise nos portais de comunicação da deep web – como quadro de mensagens, mercados, etc. – para ajudar a entender o aparelho estrutural dos métodos de pagamento com criptomoedas nesse ecossistema.

Os autores descobriram que 30% da deep web avaliada aceita Litecoin. Também foi observado que uma em cada cinco plataformas aceitam o Dash. No entanto, o Bitcoin ainda é a moeda dominante.

“O Bitcoin continua a ser o padrão ouro da deep web, com todos os vendedores aceitando como forma de pagamento e o Litecoin emergiu como a segunda moeda mais popular, com 30% dos vendedores que implementaram métodos de pagamento alternativos dispostos a aceita-lo. o Dash segue logo atrás com 20% do mercado. Inesperadamente, o Bitcoin Cash foi a terceira altcoin mais comum, com 13% dos fornecedores confiando nesse método de pagamento”, descreveu o relatório.

O que os usuários da deep web pensam?

De acordo com o relatório, os “criminosos” da deep web começaram a expressar insatisfação relacionada ao custo das transações com Bitcoin e que, em respota a perda de “receita”, muitos operadores começaram a utilizar tokens de criptomoedas alternativas.

No entanto, o comentário inicial era que os usuário simplesmente se mudariam para o Monero ou Dash. Só que as evidências do estudo apontaram para o Litecoin como a eleita para transações com criptomoedas.

O relatório também argumentou que o Litecoin desempenhará um papel de destaque nos crimes cibernéticos. Como a popularidade do Litecoin em crescimento, também aumentará o uso do malware habilitado para a criptomoeda.

Isto pode acarretar em um cenário prejudicial para o time de desenvolvedores do Litecoin Core. De acordo com notícias recentes, o Litecoin será “bifurcado” (forking) também por estar conectado aos antecedentes da deep web que foi, aos poucos, refutando a credibilidade da autoridade do token dentro do mainstream das criptomoedas.

A notícia de que o Fork da Litecoin está criando a Litecoin Cash foi recebida com as incertzas do mercado, já que o preço da criptomoeda caiu 1.78% após o anúncio. O fundador do Litecoin, Charlie Lee, questionou o fork, articulando que o movimento poderia ser uma farsa.

Fonte: CCN