Negócios Tecnologia

Ford utilizará sistema de criptomoedas para reduzir o tráfego de veículos

Postado por em 28 de março de 2018 , marcado como , , ,

Uma nova patente concedida a Ford sugere que a montadora americana esteja considerando o uso da tecnologia das criptomoedas a fim de permitir que os carros se comuniquem na estrada e reduzam o tráfego.

Ford estuda blockchain para reduzir engarrafamentos

(Foto: Pixabay)

A patente, concedida a Ford Global Technologies, foca em formas de aliviar o congestionamento no trânsito ao propor que os carros se comuniquem entre si e possam diminuir a velocidade em detrimento da “psicologia dos motoristas humanos que se concentram em suas preferências individuais de tempo de viagem”.

O documento, publicado na terça-feira, detalha um “Sistema de Mesclagem e Passagem Cooperativamente Gerenciada (CMMP)” no qual, o comportamento dos motoristas é monitorado, registrado e avaliado de maneira coletiva por eles mesmo e por outros veículos participantes.

O documento descreve o sistema como um tipo de criptomoeda e destaca que o token pode ser utilizado para facilitar as mensagens entre os veículos, conforme destaca o trecho:

“O sistema CMMP opera com transações individuais baseadas em token, onde os veículos comerciais e os veículos particulares concordam em negociar unidades de criptomoedas também chamado de tokens CMMP). Os tokens CMMP são usados para validar e autorizar uma transação em que, a pedido dos veículos particulares, os carros comerciais ou ocupem faixas mais lentas de tráfego, ou permitem que os veículos particulares avancem em sua própria pista e ultrapasse conforme necessário”.

Além disso, os pagamentos simbólicos seriam utilizados como uma espécie de “crédito de estrada” dentro do sistema proposto.

Criptomoeda do tempo

Em alguns exemplos, o tempo de permanência na pista preferencial, por um veículo particular, é baseado no número de tokens CMMP que o condutor está disposto a gastar em um momento específico.

Por exemplo, um motorista de um carro particular que está atrasado para um compromisso, pode solicitar a permanência de 10 minutos em uma estrada preferencial em troca de 60 tokens CMMP.

Embora a montadora não tenha revelado muito sobre o seu trabalho com o blockchain até o momento, um anúncio de emprego divulgado no ano passado indicou que a empresa estava procurando desenvolver alguns conhecimentos internos sobre o assunto.

“Estamos a procura de um pesquisador e pensador estratégico para liderar o trabalho pioneiro no ramo da tecnologia blockchain, aplicada a casos de uso de mobilidade que ajudará a promover uma experiência superior aos nossos clientes”, escreveu a empresa na época.

Fonte: Coindesk