Mercado

“É questão de tempo para o Bitcoin crescer”, argumenta especialista

Postado por em 18 de outubro de 2018 , marcado como , , , , , ,

Impulsionado pelo volume de negociações estáveis e pela crescente validação em Wall Street, o preço do Bitcoin pode estar prestes a experimentar uma grande mudança, e dessa vez para o lado positivo.

Pelo menos é o que acredita o analista sênior de mercados da eToro, Mati Greenspan.

(Foto: Pixabay)

Para o especialista, os bons ventos estão soprando em favor de uma potencial recuperação do Bitcoin, o que tirará a criptomoeda do seu padrão de retenção visto durante esse ano.

“Agora é apenas uma questão de tempo”, comentou ele sobre um potencial breakoutdo Bitcoin. Acrescentando que:

“É claro que o padrão de estagnação poderia permanecer por mais alguns meses, e isso não seria uma coisa ruim. No entanto, há sinais de aquecimento [percebidas] a partir das movimentações legais de preços”.

Greenspan, que já havia previsto que o Bitcoin estava entrando em um “padrão clássico de breakout”, identificou três catalisadores que poderia indicar esse recuperação: a taxa de transação crescente, a estabilização de negociação de volumes diários e o crescimento contínuo de atividades relacionadas às criptomoeda em Wall Street.

Fim da estagnação

Greenspan notou que o número de Transações Por Segundo de Bitcoin (TPS) — que despencou durante o primeiro trimestre de 2018 — aumentou de forma constante ao longo desse segundo semestre.

Desde a queda de 2.0 TPS, em meados de abril, a taxa de transação subiu para 2,78, até a manhã dessa quinta-feira. O equivalente a um aumento de mais de 40% em seis meses.

Embora ainda muito abaixo dos 4.8 TPS alcançados no final de dezembro de 2017, esse crescimento atual ocorreu durante condições de mercado relativamente estáveis — e não em um rali parabólico — defende o analista.

“Isso é uma indicação clássica de que estamos nos aproximando do fim do ciclo de estagnação”.

Simultaneamente, os volumes diários de transações de criptomoedas, que declinaram durante a maior parte do ano, parecem ter estabilizado perto de US$ 10 bilhões nos últimos meses.

Crescimento em Wall Street

Mas, enquanto que os volumes estabilizam nas exchanges de criptomoedas, a atividade comercial dentro do mercado futuro de Wall Street cresce.

Quer um exemplo? O CME Group, maior mercado de futuros de Bitcoin dos EUA, identificou um aumento de 41% em relação ao trimestre anterior.

Em uma base diária, a CME está lidando com aproximadamente o mesmo volume que a Upbit, uma das maiores bolsas de criptomoedas da Coreia do Sul.

Analisados em conjunto, Greenspan argumenta que esses dados são um bom sinal para um futuro de curto e médio prazo no mercado de criptomoedas.

Fonte: CCN