Geral

Bitcoin sofre cerca de 7% de queda nesta quinta-feira

Postado por em 3 de setembro de 2020 , marcado como

O Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo está em queda. Nessa quinta (03/09) o tamanho da descida está em cerca de 7% até o momento da escrita desse artigo.

Bitcoin Gráfico

Fonte: Investing

O preço do Bitcoin (BTC) caiu em torno 7% em menos de duas horas, nessa primeira quinta-feita de setembro.

Foram liquidados mais de US$ 100 milhões em posições longas nessa queda.

Somente na BitMEX, a queda repentina eliminou quase US$ 99 milhões em operações longas.

Três fatores principais provavelmente causaram a queda do preço do Bitcoin: saídas de mineração, força do dólar americano e grande resistência.

Mineradores despejando Bitcoin?

Segundo o Cointelegraph, o mercado está atento ao fato de que pools de mineração em grande escala estão enviando mais Bitcoins para as exchanges nos últimos dias do que a média normal. Isso pode ter contribuído para a queda que vimos hoje em função da aumenta da oferta da criptomoeda no mercado.

Bitcoin outflows across major mining pools. Source: CryptoQuant

Fonte: CryptoQuant

Dominância do Bitcoin também em queda

Segundo o Portal Criptofácil, a taxa de dominância do Bitcoin também está em queda, em um bom momento para o Ethereu, o De-Fi e as Altcoins.

O período de relativa estabilidade no preço do Bitcoin, nos meses de junho e julho, contribuiu para a busca de investimentos mais rentáveis por parte dos investidores, o que fez com que muitos buscassem opções.

Além disso, o mercado de criptomoedas está vivendo um “boom” com o DeFi (finanças descentralizadas). Isso está causando investimentos massivos em tokens como yearn.finance (YFI), Chainlink (LINK) e UMA.

Alta do dólar e queda do Bitcoin e do Ouro

Por sua vez, o dólar norte-americano se valorizou em relação a outras moedas de reserva nos últimos meses e começou a subir de uma área de suporte importante. Assim, tanto o Bitcoin quanto o ouro caíram acentuadamente, mostrando que o dólar está ganhando confiança no atual momento da parte do mercado global.

O que esperar?

No curto prazo, os traders em sua maioria preveem uma recuperação para US$ 11.200. Uma queda de US$ 11.200 confirmaria o nível como uma área de forte resistência, enquanto recuperá-lo seria um sinal de continuação de alta.

Assim, continuamos atentos a todos os momentos do mercado. Para dicas de comprar Bitcoin com segurança, clique aqui.