Geral

Binance adiciona real à sua plataforma e mira mercado brasileiro

Postado por em 16 de outubro de 2020 , marcado como , ,

A Binance, maior exchange de criptomoedas do mundo, anunciou recentemente mais uma novidade para o mercado brasileiro.

Na última terça-feira (13) foram ativados dois pares de negociação em reais (BRL).

Segundo a exchange, os pares ativados foram: BTC-BRL e USDT-BRL.

Assim, os brasileiros agora têm mais essa opção para negociar criptomoedas a partir de sua própria moeda.

Bitcoin em promoção logo no início das operações

Com a abertura do book de ofertas em BTC-BRL ainda sem grande volume, os traders tupiniquins deram início às operações.

No entanto, uma excelente oportunidade de compra de Bitcoin aconteceu na exchange cerca de uma hora após as negociações com reais começarem.

O preço do Bitcoin, que estava cotado naquele dia a R$ 63 mil, chegou a cair para R$ 46 mil. Uma queda bastante expressiva.

Porém aparentemente não houve nenhum fundamento que a justificasse.

Contudo, o que pode ter havido é que alguém fez uma venda grande e havia ainda poucos compradores no livro de ordens.

Assim, isso fez com que, por um breve momento, uma janela de oportunidade de compra de Bitcoin em promoção tenha sido aberta àqueles que estavam atentos naquele momento.

Binance mira mercado brasileiro

A medida anunciada na terça foi mais uma de uma lista de movimentações recentes da Binance no Brasil.

Em abril, a exchange começou a permitir que brasileiros adquiram criptomoedas usando seus cartões de crédito.

No final de junho, a Binance abriu um chamado para agregar comerciantes de criptomoedas P2P no Brasil.

O objetivo da iniciativa é ampliar a presença de brasileiros no Programa Global P2P Merchants, organizado pela exchange.

Mais recentemente, a empresa realizou uma série de eventos online para brasileiros. O último deles abordou o tema de finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês).

Entre os palestrantes estiveram nomes como Rafaella Baraldo, Guilherme Guimarães e Caio Vicentino.

Além disso, a exchange fez a abertura de um escritório no Brasil e o registro de sua marca.

No entanto, a atuação da Binance não é ilimitada. A exchange foi proibida pela CVM de fornecer alguns de seus principais produtos, como os contratos futuros.

Brasileiro será reportado à Receita Federal pela Binance?

Ainda não está claro se a Binance cumprirá as regras da IN1888, mas aparentemente sim, uma vez que ela criou até mesmo um CNPJ para operar no país.

Portanto, a exchange deve adequar sua política de KYC para reportar seus usuários às autoridades brasileiras a fim de cumprir a legislação vigente no Brasil.

Não há detalhes ainda de como isso ocorrerá, e se todos os clientes da plataforma serão todos reportados, mesmo os não brasileiros.

Assim, resta-nos aguardar os próximos movimentos da exchange a os esclarecimentos necessários.

Espera-se que a Binance venha a abocanhar uma parte das negociações hoje feitas nas exchanges brasileiras em função do fato de muitos já operarem na plataforma e agora se tornar mais cômodo fazê-lo com o acréscimo da negociação em BRL.

Fiquem ligados no Cripto Economia para estarem por dentro dos desdobramentos e desenvolvimentos do mercado no Brasil e no mundo.

Para um guia sobre como comprar Bitcoin, clique aqui!