Tecnologia

Banco Central do Brasil pretende usar Blockchain

Postado por em 5 de setembro de 2017 , marcado como , , ,

O Banco Central do Brasil lançou um documento detalhando casos de uso da tecnologia Blockchain nos diversos sistemas monetários do país.

O documento foi publicado no dia 28 de agosto sob a gestão do pesquisador Aristides Andrade Cavalcante Neto. Nele, são ilustrados casos de uso para diversas aplicações, incluindo o sistema de liquidação de transações, moeda e identidade.

Os autores conceberam o sistema como um blockchain baseado em permissões no qual tanto o Banco Central, como as outras instituições financeiras, serão os nodes de validação.

Tudo em blockchain?

Segundo o relatório, o objetivo não é criar um substituto para plataforma de Liquidação de Transações do Banco Central, mas, ao invés disso, uma alternativa que funcione no caso de um problema grave no sistema principal.

“No caso de sua falha catastrófica, os membros do LBTRs não poderiam enviar (ou receber) fundos para (de) um para o outro, levando a uma parada financeira completa … Neste contexto, o Sistema Alternativo de Liquidação de Transações (SALT ) é um sistema conceitual para uma solução contingente que poderia substituir imediatamente as principais funcionalidades dos principais RTGS brasileiros em caso de colapso total “, aponta o relatório.

Conclusão

O relatório conclui que o sistema de ledger distribuído (blockchain) tem um potencial alto com relação a privacidade. A implementação, possibilitaria a visão única de uma grande variedade de dados pelas instituições financeiras, o que vai de encontro com o parecer de outros bancos ao redor do mundo sobre o uso de blockchain.